Notícias | Dia a dia
Kvitova busca a virada e alcança a 3ª final no ano
22/02/2019 às 13h45

Kvitova pode voltar ao número 2 do ranking se for campeã

Foto: Divulgação

Dubai (Emirados Árabes) - Com ótimo início de temporada, Petra Kvitova garantiu vaga em mais uma final. Campeã em Sydney e vice no Australian Open, a canhota thceca disputará o título do WTA Premier de Dubai. Ela se garantiu na decisão ao vencer a taiwanesa Su-Wei Hsieh por 3/6, 6/2 e 6/4 em 2h09 de partida.

Kvitova liderou com folga a contagem de winners por 38 a 14, e terminou o jogo com 32 erros não-forçados contra 13 da rival de 33 anos e número 31 do mundo. Ao todo, a partida teve sete quebras de serviço, sendo quatro da tcheca e três da taiwanesa. A número 4 do mundo também manteve seu perfeito retrospecto em quatro jogos contra Hsieh no circuito.

Vencedora de 26 torneios da WTA, Kvitova alcança sua 35ª final na carreira. A experiente jogadora de 28 anos enfrenta ao meio-dia (de Brasília) deste sábado a vencedora da partida entre a ucraniana Elina Svitolina e a suíça Belinda Bencic. Em ambos os casos, o histórico é favorável a Kvitova, que venceu os três embates anteriores contra Bencic e lidera o retrospecto contra Svitolina por 7 a 2.

Campeã em Dubai no ano de 2013, Kvitova pode voltar ao segundo lugar do ranking em caso de título nos Emirados Árabes. O forte torneio desta semana dá 900 pontos à campeã e 585 para a vice. A canhota tcheca também pode se aproximar do número 1, já que o próximo grande torneio será em Indian Wells, onde ela defende apenas 65 pontos, enquanto a líder do ranking Naomi Osaka é atual campeã e tem mil pontos a defender.

Já a veterana Hsieh, que havia eliminado Angelique Kerber e Karolina Pliskova nas oitavas e quartas de final, buscava sua sexta vitória contra top 10 na carreira e a terceira na semana. A taiwanesa irá subir para o 26º lugar do ranking e ficará mais próxima de seu recorde pessoal, que foi a 21ª posição alcançada ainda em 2013.

Durante o set inicial, Hsieh só perdeu seis pontos em seus games de serviço, não enfrentou oportunidades de quebra e aproveitou as duas chances que teve para vencer quatro games seguidos na reta final da parcial.

No segundo set foi Kvitova quem vinha mais firme no saque e eficiente nos break points, para conquistar duas quebras e abrir 4/1. A canhota tcheca então escapou de três break points para vencer seu quinto game seguido. Pouco depois, Hsieh salvou três set points antes de confirmar o serviço e até teve mais uma chance de quebra na sequência, mas não a aproveitou.

A parcial decisiva começou com uma sequência de três quebras, duas a favor de Kvitova. Depois disso, a canhota tcheca não enfrentaria mais break points, embora encarasse um longo game de serviço quando vencia por 3/2. Depois daquele susto, Kvitova confirmou seus dois últimos saques de zero.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis