Notícias | Dia a dia
Bencic acaba com a série de Svitolina e decide Dubai
22/02/2019 às 15h00

Bencic voltará ao top 30 com a ótima campanha em Dubai

Foto: Divulgação

Dubai (Emirados Árabes) - A excelente semana de Belinda Bencic no WTA Premier de Dubai teve continuidade nesta sexta-feira. Depois de passar por Aryna Sabalenka e Simona Halep, a jovem suíça de 21 anos assegurou um lugar na final da competição ao derrotar a ucraniana Elina Svitolina, número 6 do mundo e campeã das duas últimas edições do torneio, por 6/2, 3/6 e 7/6 (7-3) em 1h58 de partida. Bencic, que já foi número 7 do mundo e agora aparece no 45º lugar do ranking mundial, marcou sua 16ª vitória contra top 10 na carreira.

Vencedora de dois títulos de WTA, nos torneios Premier de Eastbourne e Toronto em 2015, Bencic disputará, ao meio-dia (de Brasília) deste sábado, a oitava final de sua carreira e a primeira na temporada. A jovem suíça desafia a tcheca Petra Kvitova, quarta colocada no ranking, para quem perdeu nos três encontros anteriores.

Depois de ter sofrido com lesões nas costas e no punho esquerdo no ano passado em 2016 e de passar por uma cirurgia que a afastou das quadras por cinco meses, Bencic chegou a sair até mesmo do top 300. A campanha até a final a leva de volta ao top 30 pela primeira vez desde setembro de 2016, com possibilidade de terminar a semana no 23º lugar em caso de título.

Já Svitolina viu cair uma série de doze vitórias seguidas em Dubai. A invencibilidade da ucraniana é a terceira maior da história do tonreio, atrás de Justine Henin com 17 vitórias seguidas e Venus Williams com 16. Considerando seu aproveitamento geral no torneio, a jogadora de 24 anos venceu 16 partidas e perdeu apenas três.

Bencic foi muito eficiente durante o set inicial, já que não enfrentou break points e cedeu apenas quatro pontos em seus games de serviço, além de aproveitar as chances que teve nos dois games em que pôde pressionar o saque de Svitolina. Ao fim do set, a suíça liderava por 8 a 6 em winners e cometeu apenas cinco erros contra dez da rival.

Primeira a quebrar também no segundo set, logo na abertura da parcial, Bencic cedeu o empate de imediato e não aproveitou uma nova chance que teve de voltar à liderança pouco depois. A suíça vinha muito mal em seu saque, sofria com as devoluções da ucraniana e venceu apenas cinco pontos em seus games de serviço durante a parcial e permitiu duas novas quebras. Desta vez, Svitolina fez 11 a 6 em winners e cometeu 11 erros contra 14 da suíça.

O set decisivo começou com domínio das sacadoras e sem break points até o empate por 3/3, quando Svitolina encaixou uma série de boas devoluções para colocar a rival em 0-40 e conseguir a quebra pouco depois. Até o momento de sacar para o jogo, a ucranaina não havia sido ameaçada em seu serviço, mas Bencic se saiu muito bem no momento de maior pressão e venceu oito pontos seguidos para buscar o empate por 5/5. Já no último game da parcial, Svitolina correu ainda mais riscos e precisou salvar três match points, um deles com um ace, para forçar o tiebreak. Entretanto Bencic foi dominante no game-desempate e venceu três pontos importantes no saque da adversária. Nas estatísticas, a suíça fez 31 a 29 em winners e 35 erros contra 27 da rival.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis