Notícias | Dia a dia
Cuevas confirma e segue rumo ao bi no Rio Open
23/02/2019 às 00h29

Cuevas ganhou no Rio em 2016

Foto: Arquivo

Rio de Janeiro (RJ) - Dono de quatro títulos no saibro brasileiro, um deles no Rio em 2016, o uruguaio Pablo Cuevas deu outro passo rumo a sua primeira final de ATP em dois anos, ao superar com dificuldade o canhoto espanhol Albert Ramos, por 6/3, 3/6 e 6/3.

Seu adversário deste sábado será o garoto canadense Felix Auger-Aliassime, a quem nunca enfrentou.

Esta foi a oitava vitória de Cuevas em cima de Ramos, considerando-se todas as categorias de torneios profissionais. O único sucesso do espanhol aconteceu em Madri de 2015 e desde então são seis quedas consecutivas.

O saibro sul-americano recuperou o ranking e o ânimo de Cuevas. Ele não cravava uma grande campanha desde as oitavas de Madri do ano passado. Não foi a qualquer semifinal sequer de nível challenger e quase deixou o top 100.

A reação começou com a semifinal em Córdoba há três semanas e em seguida com as quartas em Buenos Aires. Os pontos obtidos no Rio o levarão de volta à faixa dos 60 primeiros e um eventual bicampeonato, ao 40º posto.

O duelo desta noite seguiu o padrão entre os dois tenistas, com Cuevas sempre mais agressivo e Ramos buscando defesas e trocas longas. No primeiro set, os dois sacaram baixo dos 48% e assim ambos encaram muitos break-points. Cuevas escapou de dois antes de fazer 3/1 e chegou a abrir 5/1, mas também foi quebrado e por fim finalizou o set de 51 minutos.

O uruguaio saiu então de jogo, perdeu a precisão do backhand e muito da paciência e se viu por duas vez com quebra atrás no terceiro set, reagindo para empatar no sexto game e aí dominar a reta final do jogo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis