Notícias | Copa Davis
Nadal é preocupação para as Finais da Copa Davis
24/02/2019 às 08h00
Felipe Priante

Rio de Janeiro (RJ) - Um dos responsáveis por fazer o contato com os tenistas nos últimos 12 meses, tentando convencê-los a disputar a remodelada Copa Davis, o mineiro André Sá acredita que a competição, que acontecerá em novembro, tem tudo para ser um sucesso e aposta que a presença do espanhol Rafael Nadal irá ajudar ainda mais a competição.

Mesmo não podendo contar com algumas estrelas, que já anunciaram que não estarão em ação na semana depois do ATP Finals, casos do suíço Roger Federer, do sérvio Novak Djokovic e do alemão Alexander Zverev, o mineiro aposta que a presença do ídolo local em Madri será suficiente para destacar a importância do torneio.

“A preocupação real da competição é com o Nadal, que vai estar jogando em casa. É uma dúvida se ele vai estar bem até novembro, os últimos anos tem mostrado que ele não esteve bem fisicamente. Os nomes que falaram que não vão jogar, como Djokovic e Zverev, não tem muito o que fazer”, disse André, que viu também com bons olhos as disputas dos playoffs no começo de fevereiro.

“Foi muito positivo, senti que os jogadores estavam comprometidos. Obviamente só acompanhei de perto o confronto entre Brasil e Bélgica, mas deu para perceber que os atletas estavam emocionalmente ligados ao torneio”, falou o mineiro.

Sá também contou um pouco de como foi seu trabalho nos últimos meses. “Fiquei exclusivamente com a Copa Davis, tentando trazer o maior número de informações possíveis e o feedback dos jogadores, explicando também o porquê da data, que não é tão fácil encontrar uma brecha dentro do calendário. No começo foi mais difícil, com muita gente falando que estavam matando a tradição da Davis, mas hoje já estão entendendo melhor”, encerrou.

Comentários