Notícias | Dia a dia
Djere supera dor e torcida para faturar seu 1º ATP
24/02/2019 às 19h13

Djere fazia sua primeira final da carreira

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Não deu para o jovem canadense Felix Auger Aliassime na final deste domingo no Rio Open. Sensação do torneio, o tenista de apenas 18 anos não manteve as atuações brilhantes que o levaram até a decisão e acabou sendo superado pelo sérvio Laslo Djere, de 23 anos e atual 90 do mundo, que anotou parciais de 6/3 e 7/5 para conquistar seu primeiro título da carreira.

Segundo sérvio a vencer um ATP 500, algo que até agora apenas Novak Djokovic conseguiu, Djere é o primeiro de seu país fora ‘Nole’ a levantar uma taça no circuito da ATP desde 2016, quando Viktor Troicki levantou a taça em Sydney.

A conquista no saibro carioca renderá US$ 369 mil ao sérvio, além de 500 pontos no ranking que o farão saltar 53 lugares, entrando no top 40 pela primeira vez e indo para o 37º posto, o melhor da carreira. Aliassime também alcançará sua maior marca, saindo da atual 103ª para a 59ª posição. Ele levará um cheque de US$ 185.325.

Finalistas de primeira viagem, os dois mostraram bastante nervosismo no começo da partida, tanto que nos seis primeiros games apenas foram cinco quebras e apenas uma confirmação, do sérvio no quarto. Cometendo muitos erros, Aliassime ainda amargou mais um break contra no nono game e com isso acabou superado por Djere no primeiro set.

Depois de ter saído na frente, o sérvio pediu atendimento médico na virada dos sets, tomou um remédio e seguiu na partida. O nível baixo da primeira parcial, que contou com apenas cinco bolas vencedoras para cada lado, contra 15 erros não forçados de Aliassime e 13 de Djere, se manteve na segunda, mas com uma leve melhora do canadense.

Aliassime largou bem, quebrou o rival e abriu 2/0 de cara, mas pouco a pouco o sérvio foi equilibrando o duelo e no sexto game deixou tudo igual. Toda com o promissor canadense, a torcida não foi suficiente para empurrá-lo rumo a virada, Djere foi firme na reta final, aproveitou o momento delicado quando o rival sacava em 5/6 para conseguir o break que de lhe garantiu o título.

O game que decretou o triunfo sérvio foi dos mais apertados, com Aliassime sofrendo para colocar o primeiro saque em quadra. Ele até conseguiu salvar quatro match-points, mas na quinta oportunidade que cedeu ao sérvio não teve escapatória.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis