Notícias | Dia a dia
Moldávio de 29 anos salva match-points e leva Delray
24/02/2019 às 21h15

Albot fez notável campanha em Delray

Foto: ATP

Delray Beach (EUA) - Mais um tenista conquista seu primeiro título de ATP na temporada 2019: o moldávio Radu Albot, de 29 anos, que jamais havia passado de uma semi na carreira, salvou três match-points e derrotou o britânico Daniel Evans, por 3/6, 6/3 e 7/6 (9-7 no tiebreak).

Albot se torna assim o primeiro tenista de seu país a conquista um ATP e também a avançar para o grupo dos 50 primeiros do ranking. O único outro moldávio a figurar no top 200 foi Roman Borvanov, em 2011.

Antes de derrotar Ivo Karlovic, Nick Kyrgios, Steve Johnson e anotar uma histórica virada sobre Mackenzie McDonald na semi - perdeu o primeiro set por 3/6 e aí anotou duplo 6/0 -, Albot tinha feito semifinais em Metz, em setembro do ano passado, e Montpellier, semanas atrás.

Com seu estilo que mescla bom saque, jogo sólido de fundo e muitas idas à rede, Albot e Evans fizeram um jogo de muitas alternativas em todos os sets, em que ambos ofereceram muitas chances de quebra. No total, Albot salvou seis de nove e Evans, 10 de 13.

No set final, Albot chegou a ter 4/2 e uma chance para 5/3, mas permitiu o empate no oitavo game. Os dois foram ao tiebreak e Evans abriu 4-1 e depois 6-4, com o segundo match-point com o serviço a favor. Buscou uma cruzada na linha e chegou a comemorar a vitória, mas o desafio mostrou que a bola havia saído. Por fim, cometeu dupla falta para entregar a vitória ao adversário.

Evans fez sua segunda final da carreira, tendo sido vice em Sydney de 2017. Chegou a estar então no top 50, mas foi suspenso por uso de cocaína.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis