Notícias | Dia a dia
Aliassime: 'Não vou perder o sono por essa derrota'
25/02/2019 às 00h32

Aliassime admitiu que saque não funcionou na final

Foto: Fotojump
Felipe Priante

Rio de Janeiro (RJ) - Embora tenha se dado mal na primeira chance que teve de disputar uma final em nível ATP, o jovem canadense Felix Auger Aliassime saiu de quadra com a cabeça erguida e já pensando nos próximos passos, entre eles a participação no Brasil Open, na próxima semana, onde terá a reedição da semifinal do Rio Open com o uruguaio Pablo Cuevas.

O tenista de apenas 18 anos acredita que terá outras oportunidades de título se seguir trabalhando duro. “Foi uma pena, mas também não vou perder muito o meu sono por causa dessa derrota. Quero me manter positivo e seguir para a próxima. Vou para São Paulo e agora é tentar relaxar um pouco e me recuperar”, falou Aliassime.

Vice-campeão, o canadense lamentou o desempenho do seu saque na final. “Hoje foi duro, especialmente meu segundo saque. Ele não funcionou, mas poderia ser outro golpe. Sei que poderia ter ido melhor, por isso preciso evoluir, amadurecer e me tornar um jogador melhor para poder brigar por novos títulos”, explicou.

“Acho que fisicamente e psicologicamente as coisas falharam, principalmente meu saque e minha movimentação. Talvez eu tenha gastado muita energia durante a semana e hoje tenha faltado”, analisou a sensação do Rio Open, que com a campanha no torneio entrará para o top 100 pela primeira vez, subindo no ranking até o 59º lugar.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis