Notícias | Dia a dia
Sakamoto luta, mas não é páreo para o jovem Munar
26/02/2019 às 12h55

Sakamoto jogou pela primeira vez um torneio ATP

Foto: Marcello Zambrana/DGW Comunicação

São Paulo (SP) - Em seu primeiro jogo em nível ATP, o paulista Pedro Sakamoto lutou o quanto pode, mas mesmo assim não foi capaz de dar muito trabalho ao jovem espanhol Jaume Munar, que derrubou o atleta vindo do qualificatório em sets diretos, precisando de apenas 67 minutos para anotar parciais de 6/3 e 6/2.

A vaga na chave principal do Brasil Open renderá uma boa subida a Sakamoto, que pode igualar seu melhor ranking indo para a 376ª colocação na próxima lista. Contudo, ele ainda pode não subir as 13 posições que está ganhando atualmente se outros rivais que estão logo abaixo conseguirem somar mais durante a semana.

Cabeça de chave número 6, Munar terá como oponente na segunda rodada Christian Garin, que um dia antes derrotou o português Pedro Sousa. Será a primeira vez em nível ATP que o espanhol de 21 anos enfrentará o chileno um ano mais velho em nível ATP, que levou a melhor quando se enfrentaram no challenger de Lisboa, no ano passado.

Munar aproveitou a maior experiência em torneios desse porte para dominar Sakamoto no começo do jogo, vencendo os quatro primeiros games. O atleta da casa conseguiu ir se achando aos poucos, confirmou seu primeiro game de saque e depois ainda devolveu uma das quebras. Só que a reação parou por aí e o espanhol fechou o set inicial em 6/3.

O paulista de Guarulhos largou melhor na segunda parcial e venceu seu primeiro game de saque, mas na segunda vez que foi ao serviço acabou novamente quebrado. Munar ainda anotou mais um break antes de fechar o jogo e garantir a vaga na segunda rodada do torneio.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis