Notícias | Dia a dia
Nadal: 'Não foi jogo fantástico, mas para avançar'
27/02/2019 às 10h55

Nadal terá um páreo duro pela frente contra Kyrgios

Foto: Divulgação

Acapulco (México) - Mesmo sem estar ainda em sua melhor forma, o espanhol Rafael Nadal conseguiu superar a estreia no ATP 500 de Acapulco, batendo nesta terça-feira o alemão Mischa Zverev em sets diretos. O número 2 do mundo revelou antes mesmo de seu primeiro jogo que não estava nas condições ideais e por isso destacou que o mais importante foi continuar vivo.

“Hoje era o dia não para jogar fantástico, mas para avançar e foi isso que fiz. Vai servir para eu poder entrar mais em forma, espero poder descansar e estar preparado para o teste que terei pela frente”, afirmou o principal favorito ao título no torneio mexicano.

Seu próximo rival será o imprevisível australiano Nick Kyrgios, contra quem tem três vitórias e duas derrotas. “Ele é um jogador de altíssimo nível, mas que não mantém uma regularidade. Contudo, isso não muda todo o talento que tem, é um dos tenistas que nenhum top gosta de enfrentar. Será uma partida muito difícil, ainda mais para uma segunda rodada”, analisou.

Questionado sobre o problema na mão que teve antes da competição, o canhoto de Mallorca falou que a evolução está indo bem. “Por sorte já está um pouco melhor, mas não sabia como iria reagir o meu punho. O tratamento funcionou e me senti bem em quadra”, contou Nadal, que também comentou sobre seu desempenho na estreia.

“A chave da partida foi que eu consegui minhas quebras e não perdi o saque quando tive dificuldades, conseguindo solucionar meus problemas. Não foi uma partida fantástica, como era esperado, uma vez que estou há algum tempo sem competir e ainda tive um problema na mão na preparação”, observou o vice-líder do ranking da ATP.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis