Notícias | Dia a dia
Na raça, Bellucci e Rogerinho viram e fazem semi
27/02/2019 às 19h50

Bellucci e Rogerinho estão subindo para 18º na corrida da temporada

Foto: Arquivo

São Paulo (SP) - A torcida fez fila para acompanhar a dupla dos paulistas Thomaz Bellucci e Rogério Silva, que nesta quarta-feira foram jogar na quadra 1 do Brasil Open. O barulho da arquibancada lotada empurrou a parceria da casa para uma incrível virada, batendo o salvadorenho Marcelo Arevalo e o norte-americano Jamie Cerretani com parciais de 4/6, 6/4 e 10-6.

Nas semifinais, os dois paulistas, que vêm embalados do vice-campeonato no Rio Open, terão pela frente os cabeças de chave 4, os britânicos Luke Bambridge e Jonny O'Mara, que mais cedo fizeram valer o favoritismo e derrubaram a parceria belga de Sander Gille com Joran Vliegen em sets diretos, com o placar final de duplo 6/4.

Bastante disputado, o primeiro set teve chances para ambos os lados. Bellucci e Rogerinho sofreram um pouco mais com os serviços, salvaram um break-point no terceiro game, três no quinto e ainda um no sétimo, em que acabaram levando a quebra. Do outro lado, Arevalo e Cerretani tiveram um break contra no quarto game e mais um quando sacaram para fechar o jogo, confirmando para fazer 1 a 0.

Mesmo com o resultado negativo na parcial inicial, o público não deixou de apoiar e tentou empurrar a dupla da casa rumo à virada. A partida ficou ainda mais parelha e os break-points foram raros. Os paulistas tiveram uma chance de quebra no quarto game e os rivais uma na sequência, mas ambas foram frustradas. A definição veio no 10º game, em que Rogerinho achou bem o tempo das devoluções, inflamou a torcida e a quebra veio, deixando o jogo empatado.

No match-tiebreak os brasileiros aproveitaram o momento favorável e o clima todo a seu favor para anotar um mini-break logo no começo e dar um passo importante para a virada. Eles ampliaram a vantagem e assim carimbaram o passaporte para as semifinais.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis