Notícias | Dia a dia
Matos leva virada de favoritos e não passa da estreia
10/04/2023 às 07h47

Monte Carlo (Mônaco) - Durou pouco a campanha do gaúcho Rafael Matos no Masters 1000 de Monte Carlo. Ele e o parceiro espanhol David Vega tiveram uma tarefa dura pela frente nesta segunda-feira, enfrentaram os cabeças de chave 7, o indiano Rohan Bopanna e o australiano Matthew Ebden, até saíram na frente, mas levaram a virada e foram eliminados com parciais de 3/6, 6/3 e 10-8.

O jogo foi bem equilibrado e os três sets foram definidos nos detalhes. No primeiro, Matos e Vega se saíram melhor nos games iniciais, salvaram um break-point logo no primeiro e no segundo conseguiram a quebra, abrindo 3/0 na sequência. Eles então administraram bem a vantagem até o fim, não tiveram o serviço ameaçado e abriram 1 a 0 no marcador.

Depois de passarem incólumes com o saque na parcial inicial, na segunda o brasileiro e o espanhol tiveram um pouco mais de trabalho e enfrentaram seus primeiros break-points contra. Eles salvaram dois no quarto game, mas no sexto acabaram cedendo a quebra. Bopanna e Ebden fizeram o mesmo que os rivais anteriormente e seguiram na frente até fechar, empatando a partida.

A definição foi para o match-tiebreak, no qual os favoritos foram superiores. Bopanna e Ebden construíram boa vantagem e tiveram quatro match-points seguidos ao abrir 9-5. Matos e Vega foram firmes, salvaram o primeiro no saque dos rivais e depois mais dois em seus serviços, mas não resistiram ao quarto e acabaram superados depois de 1h23 de confronto.

Campeões em Miami, o indiano e o australiano terão agora pela frente um páreo duro contra os alemães Kevin Krawietz e Tim Puetz, que derrotaram na primeira rodada a parceria do britânico Cameron Norrie com o norte-americano Ben Shelton em sets diretos, marcando parciais de 6/2 e 6/3.

Comentários