Notícias | Dia a dia
ITF volta atrás e aumenta o quali de seus torneios
01/03/2019 às 10h23
Publicidade
Publicidade

Londres (Inglaterra) - Após muita reclamação de jogadores, técnicos e pessoas ligadas ao mundo do tênis, a ITF resolveu contornar um pouco as mudanças feitas no seu ‘Transition Tour’ e voltou atrás nos qualificatórios reduzidos, aumentando novamente as chaves dos torneios classificatórios.

Na última quarta-feira, a entidade que regula o tênis mundial soltou um comunicado avisando que as chaves de 24 dos qualificatórios irão para 32 participantes novamente. “Foi o resultado e uma análise das oito primeiras semanas do novo circuito e dos pedidos de jogadores, técnicos e federações nacionais”, explicou.

“A missão da ITF é dar apoio a homens e mulheres que queiram ingressar no tênis profissional e levá-los até o ápice de seus jogos. As mudanças feitas no circuito da ITF em 2019 foram apoiadas pela ATP e WTA e tiveram a recomendação de um painel independente”, acrescentou o comunicado da ITF.

Essas mudanças vieram após duras críticas, principalmente dos jogadores de ranking mais baixo, que vem encontrando dificuldade maior de seguir no tênis profissional com o novo sistema implementado nesta temporada. A estrutura criada não agradou também os brasileiros, que reclamaram da novidade e pediram mudanças.

Os qualificatórios maiores serão implementados nos torneios a partir do dia 1º de abril. “O comitê do circuito enxergou que era preciso aumentar as oportunidades para os jogadores”, observou o comunicado da entidade.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis