Notícias | Dia a dia
Osaka firma parceria com técnico norte-americano
01/03/2019 às 16h18

Osaka terá a companhia do norte-americano Jermaine Jenkins

Foto: Arquivo

Boca Raton (EUA) - Depois de encerrar a vitoriosa parceria com o treinador alemão Sascha Bajin, Naomi Osaka já tem um novo técnico para acompanhá-la no circuito. A número 1 do mundo irá treinar ao lado do norte-americano Jermaine Jenkins, que atuava como rebatedor de Venus Williams entre 2015 e o ano passado.

O anúncio foi feito por meio do perfil de Osaka no Twitter: "Tive um grande jantar com a minha equipe. Também aproveito o momento para agradecer ao Jermaine por se juntar a nós", comentou a japonesa.

Jenkins está com de 34 anos vem da Universidade Clemson, na Carolina do Sul. Depois de ter trabalhado com Venus, ele havia assumido um cargo na Associação de Tênis do Estados Unidos (USTA) para atuar no desenvolvimento de jovens jogadoras. Seu irmão mais novo, Jarmere Jenkins, é rebatedor de Serena Williams atualmente.

Osaka trabalhou com Sascha Bajin entre o fim de 2017, durante a pré-temporada para o ano seguinte, e janeiro deste ano. japonesa começou o ano passado como número 70 do mundo e ainda sem títulos de WTA, e chegou ao Australian Open de 2018 na 72ª posição, mas escalou rapidamente o ranking até a liderança, com títulos de Indian Wells, do US Open e do Australian Open.

A jovem japonesa de 21 anos disputou na smena passada o Premier de Dubai, acompanhada do técnico da Federação Japonesa de Tênis Masashi Yoshikawa, do preparador físico norte-americano de origem líbia Abdul Sillah e da fisioterapeuta Kristy Stahr. Entretanto, ela não conseguiu avançar no torneio dos Emirados Árabes e caiu ainda na estreia para a francesa Kristina Mladenovic.

O próximo compromisso de Osaka será a defesa do título do Premier de Indian Wells. Durante as próximas duas semanas, a jovem japonesa terá a missão de sustentar os mil pontos conquistados na edição passada do torneio californiano.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis