Notícias | Dia a dia
Algoz de Bia surpreende, Azarenka decide nas duplas
02/03/2019 às 09h22

A chinesa Yafan Wang eliminou a cabeça 3 Donna Vekic na semi

Foto: Divulgação

Acapulco (México) - Algoz de Beatriz Haddad Maia nas quartas de final do WTA de Acapulco, a chinesa Yafan Wang marcou uma expressiva vitória na última sexta-feira para garantir vaga na final do torneio mexicano em quadras duras. Wang, que é 65ª do mundo, eliminou a 28ª colocada croata Donna Vekic, cabeça 3 do torneio, ao marcar 2/6, 6/3 e 6/1.

Aos 24 anos, Wang alcança sua primeira final de WTA na carreira. A chinesa certamente terá seu melhor ranking, superando o 60º lugar alcançado em janeiro, com os 180 pontos conquistados. Se for campeã, a chinesa fará 280 pontos e debutará no top 50.

A adversária de Wang na final que acontece às 21h (de Brasília) deste será a norte-americana de 20 anos e 35ª do ranking Sofia Kenin. Vinda de uma vitória em três sets contra Victoria Azarenka nas quartas, Kenin derrotou a canadense de 18 anos Bianca Andreescu por 6/4, 3/6 e 7/5 em 2h14 de partida.

A jovem norte-americana conquistou seu primeiro WTA na segunda semana da atual temporada, na cidade australiana de Hobart, e pode se aproximar do top 30 em caso de título.

Azarenka na final de duplas
Nas duplas, Victoria Azarenka tem a chance de conquistar um título pela primeira vez desde que se tornou mãe, em dezembro de 2016. Jogando ao lado da chinesa Saisai Zheng, a bielorrussa comemorou a vitória na semi contra a canadense Sharon Fichman e a norte-americana Maria Sanchez por 6/7 (3-7), 6/2 e 13-11.

Ex-número 1 do mundo em simples e bicampeã do Australian Open em 2012 e 2013, Azarenka é a atual 50ª colocada no ranking da WTA. Em duplas, a experiente jogadora de 29 anos é apenas 266ª colocada e conquistou os últimos de seus seis títulos em 2011. As adversárias na final marcada para às 20h30 (de Brasília) deste sábado serão a mexicana Giuliana Olmos e a norte-americana Desirae Krawczyk. O jogo será na quadra 1 do complexo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis