Notícias | Dia a dia
Sete brasileiros jogam o challenger de Santiago
03/03/2019 às 12h42

Rogerinho já foi campeão do challenger chileno em 2017

Foto: Arquivo

Santiago (Chile) - Após o término da série de quatro torneios ATP no saibro sul-americano, alguns dos principais jogadores brasileiros decidiram continuar jogando em seu piso favorito em competições menores. Ao todo, sete jogadores nacionais estão envolvidos no challenger de Santiago, torneio de US$ 54 mil.

Logo na primeira rodada já acontece um duelo nacional entre o paulista de 25 anos Pedro Sakamoto, 389º do ranking, e o paranaense de 18 anos e 449º colocado Thiago Wild. Quem vencer, desafia na segunda rodada o cabeça 1 espanhol e número 91 do mundo Pablo Andújar.

O paulista João Souza, o Feijão, e o mineiro João Menzes utilizaram o ranking da ITF para entrar diretamente. Feijão, que é 410º na ATP e número 11 na lista da Federação Internacional, estreia contra o espanhol Gerard Granollers. Já Menezes, 377º na ATP e 17º na ITF, estreia contra o russo Alen Avidzba.

Três brasileiros são cabeças de chave e entram diretamente na segunda rodada, sendo que o cearense Thiago Monteiro e o paulista Rogério Dutra Silva estão entre os principais nomes do torneio. Número 120 do mundo, Monteiro é o terceiro favorito e espera pelo vencedor entre o peruano Juan Pablo Varillas e o argentino Federico Coria. Já Rogerinho, quarto pré-classificado e campeão em 2017, enfrenta o chileno Alejandro Tabilo ou o argentino Camilo Carabelli.

Por sua vez, o paulista Thomaz Bellucci é o cabeça 15. O ex-top 30 e atual 235º colocado já ganhou um ATP na capital chilena em 2010 e um challenger na mesma cidade em 2008. Seu primeiro adversário virá da partida entre argentino Renzo Olivo e o convidado local Victor Nuñez.

Clezar joga na China - Enquanto a maior parte dos brasileiros preferiu jogar no saibro, o gaúcho Guilherme Clezar continua atuando em torneios asiáticos. Clezar, que é 237º do ranking, entra na segunda rodada do challenger chinês de Zhuhai, que também distribui premiação de US$ 54 mil. Seu adversário de estreia virá da partida entre o convidado local Runhao Hua e o croata Nino Serdarusic.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis