Notícias | Dia a dia
Brasil Open registra queda no público em 2019
04/03/2019 às 13h43

Torneio atraiu 32.930 espectadores, número menor que o de 42.548 registrado na temporada passada

Foto: Marcello Zambrana/DGW

São Paulo (SP) - A organização do Brasil Open divulgou nesta segunda-feira os números da 19ª edição do torneio, que foi disputado pelo segundo ano seguido e pela sexta vez na história no Ginásio do Ibirapuera. O número total de espectadores foi de 32.930, número menor que o de 42.548 registrado na temporada passada, que teve a segunda maior ausiência da história do torneio.

O diretor do Torneio Roberto Marcher comentou os resultados da competição. "Os jogadores daqui estão em transição, como o Felix Auger-Aliassime, o Christian Garin e o Laslo Djere também. Eles mostraram o potencial que têm, o pulo que vão dar. Nosso torneio deu ao público a chance de ver jogadores que vão ser estrelas e vão chegar aos 20 do mundo".

Este foi o segundo ano consecutivo do torneio no Ginásio do Ibirapuera. O local já havia recebido o Brasil Open entre 2012 e 2015. Nas edições de 2016 e 2017, o torneio aconteceu nas quadras do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo. Já nos primeiros anos do evento, entre 2001 e 2011 os jogos aconteciam na Costa do Sauípe, na Bahia.

Veja os principais números do Brasil Open 2019:

- 32.930 espectadores;
- 5.184 bolas Wilson utilizadas pela organização;
- 1.300 toalhas utilizadas pelos jogadores;
- 25.600 garrafas de água;
- 2.525 kg de gelo;
- 250 garrafas de isotônicos fornecidas aos jogadores;
- 5.000 refeições para jogadores e staff;
- 5 dúzias de bananas por dia para os jogadores;
- 54 jogos (27 simples chave principal, 15 de duplas, 12 de qualifying);
- 62 jogadores no total;
- 24 países representados: Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Dinamarca, El Salvador, Estados Unidos, França, Espanha, Grã-Bretanha, Itália, Japão, Mônaco, Portugal, República Tcheca, Sérvia, Suécia, Noruega, Tunísia e Uruguai;
- 47 árbitros (1 supervisor, 1 referee, 1 chief e 1 assistente, 7 árbitros de cadeira e 36 juízes de linha);
- 18 boleiros e 1 chefe de boleiros;
- Mais de 70 horas de transmissão na Bandsports e na Fox Sports 2;
- 91 jornalistas credenciados;
- US$ 618.810 de premiação (cerca de R$ 2,3 milhões). O campeão de simples Guido Pella levou US$ 94.830 (cerca de R$ 357,5 mil).

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis