Notícias | Dia a dia
Monteiro vence mais uma e faz quartas em Santiago
07/03/2019 às 15h57

Monteiro precisou de três sets para superar rival eslovaco

Foto: Divulgação

Santiago (Chile) - Em seu segundo compromisso no challenger de Santiago, Thiago Monteiro precisou de três sets para marcar mais uma vitória. O cearense garantiu nas quartas de final do torneio disputado no saibro da capital chilena depois de superar o eslovaco Andrej Martin, 256º do ranking, por 7/6 (7-3), 2/6 e 6/3 em 2h38 de partida nesta quinta-feira. 

A campanha até as quartas de final rende 15 pontos no ranking a Monteiro, que não defende nada nesta semana, mas precisa descartar seis pontos de seu 18º e último resultado válido para a classificação. Seu próximo adversário virá da partida entre o taiwanês Tung-Lin Wu e o canhoto argentino Facundo Bagnis e uma eventual chegada à semi rende 29 pontos no ranking mundial.

Na temporada, Monteiro já conquistou um título de challenger em Punta del Este, no Uruguai, e ainda venceu dois jogos pela elite do circuito, um na rodada de estreia do Rio Open e outro no confronto entre Brasil e Bélgica pela Copa Davis. O canhoto de 24 anos tem como melhor ranking da carreira o 74º lugar, alcançado em fevereiro de 2017.

Depois de perder cinco break points logo no game de abetrura, Monteiro acabou sofrendo uma quebra precoce em um game com três erros e uma dupla-falta para permitir que o rival liderasse por 3/1. O cearense, entretanto, devolveu a quebra de imediato com ótimas devoluções e explorando as subidas do rival à rede.

O equilíbrio permaneceu até o fim do set, sendo que o número 1 do Brasil chegou a ter uma chance de quebra quando o placar estava empatado por 5/5, mas não aproveitou. No tiebreak, entretanto, Monteiro foi firme no saque e venceu dois pontos importantes no serviço do adversário para vencer a primeira parcial.

O segundo set foi ruim para Monteiro, que não aproveitou os três break points que teve e ainda permitiu duas quebras ao adversários, uma delas logo na abertura da parcial. O cearense chegou a salvar um set point com seu saque, quando já perdia por 5/1, mas Martin confirmou o serviço de zero no momento de fechar o set. Chama atenção o desempenho negativo de Monteiro nos pontos jogados com o segundo serviço, já que ele venceu aprenas quatro em doze possíveis.

Monteiro reagiu no terceiro set e conseguiu rapidamente uma quebra para liderar por 4/1. O cearense soube sustentar a vantagem até mesmo no delicado sétimo game da parcial, em que precisou salvar três break points antes de confirmar o serviço. Sacando para o jogo, o número 1 do Brasil não correu riscos e definiu o jogo com um ace.

O tênis brasileiro certamente terá dois representantes nas quartas, já que os paulistas Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva duelam ainda nesta quinta-feira pelo complemento da rodada das oitavas.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis