Notícias | Dia a dia
Osaka não visa 'defender' título, quer ganhar outro
08/03/2019 às 21h12

Osaka é a atual campeã em Indian Wells e tem mil pontos a defender

Foto: Divulgação

Indian Wells (EUA) - De volta ao palco de seu primeiro título de WTA, em Indian Wells, Naomi Osaka tenta mudar a mentalidade para minimizar a pressão de repetir o resultado do ano passado. Número 1 do mundo, a jovem japonesa de 21 anos não pensa na defesa dos mil pontos que hoje a sustentam na liderança do ranking, mas sim em conquistar cada vez mais títulos para marcar seu nome na história.

"Todas as pessoas ao meu redor são super positivas. Elas não estão falando em 'defender o título'. Nós apenas queremos seguir em frente. Não se trata de defender, mas sim de conseguir ganhar outro. É assim que nós pensamos, diferente de outras pessoas", disse Osaka, aos jornalistas nesta sexta-feira em Indian Wells.

Durante a incrível campanha para o título no ano passado, Osaka era apenas a número 44 do mundo e passou por nomes como Maria Sharapova, Agnieszka Radwanska, Karolina Pliskova, Simona Halep e Daria Kasatkina para conquistar o fortíssimo torneio na Califórnia.

"Quando vocês falam do ano passado, parece que aconteceu há 10 anos. No ano passado eu estava aqui apenas para me divertir, talvez chegar às quartas", afirmou a japonesa, que posteriormente foi campeã do US Open de 2018 e do Australian Open de 2019. "Parece uma coisa ruim dizer isso, mas é verdade, porque eu nunca tinha ido muito longe em um torneio como este. Honestamente, eu continuei enfrentando ótimas jogadoras a cada rodada, até que eu pensei: 'Talvez eu possa realmente ganhar este torneio', e foi o que eu fiz".

Agora com o técnico norte-americano Jermaine Jenkins, Osaka falou sobre os primeiros dias de sua nova rotina de trabalho. "Sinto que estou ficando mais forte, e quando você fica mais forte, fica melhor. Ao mesmo tempo, é muito divertido treinar com ele porque ele é rigoroso, mas não tem medo de fazer piadas. Ele é como um irmão mais velho que quer o melhor para você".

A estreia de Osaka será contra a francesa Kristina Mladenovic a partir de 1h da madrugada de domingo (de Brasília). Há duas semanas, a japonesa perdeu para Mladenovic na estreia do Premier de Dubai, em seu primeiro jogo como número 1 do mundo. "Acho que a partida desta vez será diferente de Dubai. Agora eu sei o que esperar. Eu também não tenho mais aquele grande fardo sobre meus ombros e estou curtindo o meu tempo aqui".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis