Notícias | Dia a dia
Osaka ganha primeira como número 1 e sai aliviada
10/03/2019 às 09h56

Osaka tem agora jogo perigoso diante de Collins

Foto: WTA

Indian Wells (EUA) - Naomi Osaka voltou ao palco que a fez surpreender o tênis pela primeira vez e não decepcionou. Com categoria, enfim venceu uma partida como líder do ranking, ao superar com folga a francesa Kristina Mladenovic, por 6/3 e 6/4, adversária que a havia derrotado dias atrás na estreia de Dubai.

A atual campeã de Indian Wells volta à quadra na segunda-feira para enfrentar a ascendente Danielle Collins, norte-americana que fez incrível campanha e atingiu a semifinal do Australian Open. Em fácil estreia, Collins superou a belga Kirsten Flipkens, por 6/4 e 6/1.

"Todo mundo estava falando sobre este meu primeiro jogo, mas o fato de ser a defensora do título me gera coisas boas", afirma Osaka sobre a possível pressão. "Aprendo muito depois de uma derrota. Foi positivo voltar a enfrentar Mladenovic porque pude enxergar meus erros e achar soluções".

Foi exatamente o que fez. Osaka voltou a mostrar um tênis ofensivo, forçando devoluções desde o início e deixando a francesa sempre contra a parede. Depois de abrir 3/1 no segundo set, a japonesa deu seu único vacilo na partida quando sacou para a partida com 5-3, perdendo o serviço com dupla falta, mas encerrou a reação logo em seguida, paós 1h21 de batalha.

"Fiquei mais nervosa no aquecimento do que na partida", contou Osaka. "Havia muito gente me assistindo treinar, algo totalmente diferente do ano passado, e acabei me preocupando em fazer bonito. A vitória me deixa aliviada, senti que joguei bem, sem pensamentos negativos. Só não gosto muito de jogar tão tarde da noite porque sou do tipo que levanta cedo para aproveitar a manhã".

Nas outras duas partidas da noite, que pertencem ao setor da chave de Osaka, a suíça Belinda Bencic obteve sua oitava vitória consecutiva, ao superar a belga Alison Van Uytvanck, por 6/4 e 6/1. Sua adversária será a russa Ekaterina Alexandrova, que se aproveitou de mais um dia ruim da dinamarquesa Caroline Wozniacki para vencer com o placar de 7/5, 2/6 e 7/5. Cabeça 13, Wozniacki não jogava desde o Australian Open.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis