Notícias | Dia a dia
Nishikori sobrevive a batalha, Goffin perde mais uma
10/03/2019 às 18h29

Nishikori pode encarar outro francês

Foto: Arquivo

Indian Wells (EUA) - O japonês Kei Nishikori passou tremendo aperto, mas conseguiu avançar à terceira rodada do Masters 1000 de Indian Wells. Em sua estreia neste domingo, superou o canhoto francês Adrian Mannarino, com parciais de 6/4, 4/6 e 7/6 (7-4), em duelo de 2h33.

Nishikori buscou jogar o máximo dentro da quadra no primeiro set e parecia ter o domínio das ações. Desperdiçou importante break-point no quarto game do segundo set e foi surpreendido por um Mannarino mais ousado, que lhe tirou o saque e o set.

O francês esteve duas vezes à frente na série decisiva, principalmente quando sacou com 6/5 para liquidar a partida. Nishikori se salvou e foi superior em todo o tiebreak. Quadrifinalista do torneio em 2016 e 2017, Nishikori aguarda o vencedor de Lucas Pouille e Hubert Hurkacz.

Quem continua com dificuldade para reencontrar seu jogo é o belga David Goffin. Ele sofreu a sexta derrota em 10 partidas na temporada, desta vez um sonoro duplo 6/3 diante do sérvio Filip Krajinovic, que veio do quali mas que há um ano era top 30 do ranking.

Krajinovic, que ficou sete meses parado em 2018 devido a contusões no pé e tornozelo esquerdos, cruzará agora com o russo Daniil Medvedev, depois que ele justificou sua condição de cabeça 14 diante do local Mackenzie McDonald, por 7/5 e 6/0.

Em outras partidas da rodada vespertina em Indian Wells, o britânico Kyle Edmund arrasou o chileno Nicolas Jarry, por 6/2 e 6/0, e o russo Andrey Rublev festejou o lucky-loser recebido com ausência de Pablo Carreño e venceu pela quarta vez em cinco duelos o holandês Robin Haase, por 6/3 3/6 e 6/3.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis