Notícias | Dia a dia
Kerber reage no fim e confirma duelo com Venus
13/03/2019 às 02h19

Kerber perdia o último set por 4/1, mas venceu cinco games seguidos

Foto: Divulgação

Indian Wells (EUA) - No jogo que encerrou a longa rodada de oitavas de final do WTA Premier de Indian Wells, Angelique Kerber passou por altos e baixos, mas garantiu seu lugar nas quartas. A experiente alemã de 31 anos marcou 6/1, 4/6 e 6/4 contra a bielorrussa de 20 anos e já nona colocada Aryna Sabalenka para avançar na competição.

Ex-número 1 do mundo, Kerber aparece atualmente na oitava posição do ranking mundial. A próxima adversária da alemã será Venus Williams, outra que já que esteve no topo do ranking e que atualmente aparece na 36ª colocação. A germânica lidera por 5 a 3 o histórico de confrontos contra a veterana norte-americana de 38 anos.

Firme no saque e bastante consistente do fundo de quadra, Kerber dominou o primeiro set. A canhota alemã cedeu apenas seis pontos em seus games de serviço, enfrentou apeanas um break point e conseguiu três quebras. Ao fim do set, Sabalenka liderava nos winners por 10 a 7, mas havia cometido 20 erros não-forçados contra apenas três da ex-líder do ranking.

A vantagem alemã ficou ainda maior no segundo set, quando Kerber conquistou uma quebra logo de cara e abriu 2/0. Sabalenka conseguiu devolver a quebra de imediato e chamou o técnico Dmitry Tursunov para a quadra, mas a conversa entre eles teve pouquíssimas sílabas. O diálogo extremamente incomum parece ter sido suficiente para que a bielorrussa retomasse o foco na partida e a confiança. Sabalenka conseguiu mais uma quebra para passar à frente no placar e só perdeu mais dois pontos em seus games de serviço até o fim do set.

Sabalenka também começou melhor no terceiro set, chegando a liderar por 4/1 com duas quebras de vantagem e sem enfrentar break points. A bielorussa parecia mais perto da vitória, ainda mais por só perder dois pontos em seus games de serviço até o momento em que abriu a confortável margem no placar. Coube a Kerber apostar novamente na solidez do fundo de quadra e esperar pelas oportunidades. A alemã conseguiu, então, pontos importantes ao contar com erros e explorando as subidas da rival. Pouco a pouco, a vantagem foi pulverizada.

Com o placar empatado por 4/4, Kerber confirmou o saque rapidamente e passou a pressão para o outro lado. Sabalenka pareceu sentir o momento e dependia constantemente do sergundo serviço no game decisivo. A bielorrussa chegou a salvar um match point mostrando um ótimo jogo na rede, mas sua instabilidade com o saque em um momento tão delicado na partida custou caro. Kerber dominava os pontos desde a devolução e conseguiu definir a partida na segunda chance que teve. Sabalenka fez 38 a 18 em winners, mas cometeu 52 erros contra apenas 19 da ex-líder do ranking.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis