Notícias | Dia a dia
Svitolina faz semi após dois jogos longos seguidos
14/03/2019 às 00h37

Ucraniana foi bastante exigida pela canhota tcheca Marketa Vondrousova

Foto: Divulgação

Indian Wells (EUA) - Um dia depois de ter vencido a partida mais longa da temporada feminina, Elina Svitolina passou por mais um grande teste para se garantir na semifinal do WTA Premier de Indian Wells. Depois de lutar por 3h12 contra Ashleigh Barty na última terça-feira, a ucraniana venceu um duelo de 2h11 contra a canhota tcheca de 19 anos Marketa Vondrousova por 4/6, 6/4 e 6/4.

Número 6 do mundo aos 24 anos e dona de 13 títulos de WTA, Svitolina busca a 16ª final da carreira. Mais que isso, a ucraniana alcança sua terceira semifinal seguida no circuito, repetindo os resultados que teve em Doha e Dubai no mês de fevereiro.

Depois da difícil batalha contra Vondrousova, Svitolina terá mais uma adversária da nova geração. A ucraniana vai enfrentar a canadense de 18 anos e 60ª colocada Bianca Andreescu, que foi convidada para o torneio. Andreescu vem excelente início de temporada, já que ocupava o 152º lugar em janeiro, e vem de uma expressiva vitória por 6/0 e 6/1 sobre a ex-número 1 do mundo Garbiñe Muguruza.

Após uma troca de quebras nos dois primeiros games da partida, Vondrousova soube se aproveitar do bom desempenho no saque e de sua maior potência nos golpes. A canhota tcheca ditava o ritmo na maioria dos pontos e contava com um início bastante errático de Svitolina, que cometeu 17 erros não-forçados durante o primeiro set e voltaria a ter o serviço quebrado.

Ainda parecendo sentir o desgaste de suas longas partidas anteriores, Svitolina enfrentou quatro break points em seus dois primeiros games de serviço no segundo set, mas conseguiu sair ilesa. Por duas vezes, a ucraniana teve uma quebra de vantagem, mas não conseguiu sustentar a liderança, muito por conta da fragilidade de seu segundo saque. Com o placar empatado por 4/4, Svitolina fez seu melhor game de serviço na partida e ganhou confiança para conseguir uma decisiva quebra ao apostar em sua consistência do fundo de quadra.

Aos poucos, Svitolina já apresentava um melhor semblante em quadra. A ucraniana, que atuou com uma proteção no joelho direito, chegou a ser medicada durante a partida. O jogo ganhou em nível técnico no terceiro set com Svitolina podendo já apresentar um tênis sólido e chegando em todos os golpes desferidos por Vondrousova. A canhota tcheca buscava algumas variações, com drop shots que traziam a rival para a rede, mas Svitolina continuava muito firme. Por mais que a tcheca tenha sido a primeira a quebrar, a ucraniana não baixou a confiança e a intensidade e buscou a virada vencendo quatro dos últimos cinco games. Vondrousova fez 34 a 30 em winners, mas cometeu 48 erros contra 37 da ucraniana.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis