Notícias | Dia a dia
Bencic derruba Pliskova, vence 12ª seguida e faz semi
14/03/2019 às 17h32

Bencic voltará ao top 20 com a ótima campanha em Indian Wells

Foto: Divulgação

Indian Wells (EUA) - Amigas de longa data no circuito e frequentes parceiras de treinos, Karolina Pliskova e Belinida Bencic se enfrentaram pela primeira vez nesta quinta-feira, em jogo válido pelas quartas de final do WTA Premier de Indian Wells. Em ótimo momento no circuito, Bencic voltou a marcar uma vitória expressiva e venceu um duelo de 2h16 diante da número 5 do mundo por 6/3, 4/6 e 6/3.

Vinda de título em Dubai, há três semanas, Bencic acumula doze vitórias seguidas no circuito, já que também venceu dois jogos no contra a Itália pela Fed Cup em fevereiro. Seis dessas vitórias foram contra adversárias do top 10, já que a suíça também passou por Petra Kvitova, Simona Halep, Naomi Osaka, Elina Svitolina e Aryna Sabalenka. Semifinalista em Indian Wells, a suíça agora espera pela partida entre Venus Williams e Angelique Kerber.

Atual 23ª do ranking aos 22 anos, Bencic é considerada como uma das principais promessas do tênis desde os tempos de juvenil. A jovem suíça chegou a ser número 7 do mundo em fevereiro de 2016, mas sofreu com lesões nas costas e no punho esquerdo que a fizeram sair até mesmo do top 300 em meados de 2017. A campanha até a semi em Indian Wells já faz com que a suíça volte ao top 20, o que não acontecia desde agosto de 2016.

Instável em seu saque durante o set inicial, Pliskova colocou apenas 53% de primeiros serviços em quadra e só conseguiu vencer cinco dos 14 pontos disputados com o segundo saque na parcial. Diante de um momento de vulnerabilidade da tcheca, Bencic apostou na construção paciente dos pontos e em um jogo firme do fundo de quadra para conquistar duas quebras. Ao fim do set, a suíça tinha 14 a 10 em winners, além de ter cometido só seis erros contra 12 da ex-líder do ranking.

Pliskova conseguiu uma quebra logo na abertura do segundo set, aproveitando a orientação da treinadora Conchita Martínez de jogar mais próxima da linha de base. Na sequência, a tcheca fez um bom game de serviço para sustentar a vantagem. Os dois próximos games foram muito longos, mas também favoreceram a tcheca, que prevalecia nos pontos mais importantes para abrir 4/0.

À essa altura da partida, já ventava muito na quadra, o que dificultava um pouco mais as condições de jogo. Bencic parecia mais adaptada, chegou a devolver uma das quebras e venceu dois games de serviço de zero, mas desperdiçou três novas chances de buscar o empate e viu Pliskova fechar a parcial em seu quinto set point. A ex-número 1 fez 17 a 9 em winners, e 17 a 9 em erros não-forçados.

Já na parcial decisiva, Bencic cedeu apenas oito pontos em seus games de serviço, sendo somente um quando colocou o primeiro serviço em quadra, e não enfrentou break points. A suíça voltou a ser muito consistente do fundo de quadra e esperou pelas oportunidades, que só vieram no oitavo game, quando conseguiu a única quebra antes de sacar para o jogo. Embora Pliskova tenha liderado a contagem de winners por 41 a 38, a tcheca cometeu 43 erros não-forçados contra apenas 23 da suíça.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis