Notícias | Dia a dia
Kerber prevalece contra Venus e se garante na semi
14/03/2019 às 22h48

Kerber enfrentará Bencic por vaga na final de Indian Wells

Foto: Divulgação

Indian Wells (EUA) - O jogo que definiu a última semifinalista do WTA Premier de Indian Wells envolveu duas ex-líderes do ranking. Atual número 8 do mundo, a canhota alemã Angelique Kerber fez valer seu melhor momento sobre Venus Williams e superou a norte-americana de 38 anos e atual 36ª colocada por 7/6 (7-3) e 6/3 em 1h36 para avançar na competição. Esta foi a sexta vitória de Kerber em nove jogos contra Venus no circuito.

Vencedora de doze títulos na carreira, incluindo três Grand Slam, Kerber tenta alcançar sua 29ª final. A adversária na semifinal será a emblada suíça Belinda Bencic, 23ª do ranking e vinda de doze vitórias seguidas no circuito. Ainda que Bencic lidere o retrospecto por 3 a 1, Kerber levou a melhor no encontro mais recente, durante a campanha para a conquista de Wimbledon no ano passado.

Por sua vez, Venus deverá perder algumas posições. Semifinalista do torneio no ano passado, a norte-americana defendeu 215 dos 390 pontos que tinha a defender e deverá sair do top 40, o que não acontecia desde fevereiro de 2014. Durante quatro semanas entre outubro e novembro do ano passado, Venus chegou a ocupar exatamente a quadragésima posição.

Logo no começo da partida chamava atenção a aparente dificuldade que Venus tinha para sacar. Ela evitar forçar os serviços e preferia apenas colocar a bola em quadra. Ainda que encarasse games longos, chegando a salvar um break point, a norte-americana confirmou três vezes seguidas o serviço e conseguiu a primeira quebra da partida para liderar por 4/2. Com o tempo, Kerber foi encontrando o melhor tempo para as devoluções e venceu três games seguidos, mas falhou na hora de sacar para o set.

Em um longa parcial de 57 minutos e marcada por altos e baixos, fez diferença a maior consistência de Kerber do fundo de quadra. A canhota alemã cometeu apenas oito erros não-forçados na parcial contra 20 de Venus, que fez 23 a 16 em winners. Durante o tiebreak, o jogo firme da germânica rendeu três pontos importantes no serviço de sua experiente adversária.

Kerber passou a jogar um pouco mais solta e fez um segundo set bastante eficiente no saque. A alemã não enfrentou break points e cedeu apenas sete pontos em seus games de serviço. Embora tenha criado oito break points, em dois games distintos, a número 8 do mundo precisou aproveitar apenas uma dessas chances para conquistar a única quebra da parcial. Venus liderou nos winners por 41 a 29, mas terminou o jogo com 38 erros não-forçados contra só 12 da alemã.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis