Notícias | Dia a dia
Nadal lamenta lesão e garante volta em Monte Carlo
16/03/2019 às 19h51

Nadal também desistiu de jogar em Miami

Foto: Divulgação

Indian Wells (EUA) - Acabou neste sábado a campanha do espanhol Rafael Nadal no Masters 1000 de Indian Wells. O ponto final veio de forma melancólica, com a impossibilidade de competir diante do suíço Roger Federer nas semifinais por causa de um problema no joelho direito, que já o atrapalhou na partida anterior, contra o russo Karen Khachanov.

“Como já havia dito ontem (sexta-feira), senti uma forte dor no meu joelho direito e sabia que as coisas não estavam bem. Não queria confirmar nada porque a ideia era esperar e fazer tudo o que fosse possível para estar competitivo hoje, mas não foi assim. Treinei rapidamente pela manhã e senti que o joelho não estava bem, que não estava capacitado para disputar as semifinais de um Masters 1000”, explicou o canhoto de Mallorca.

Nadal não apenas resolveu desistir do torneio californiano no meio, mas também garantiu que irá pular seu próximo compromisso. “Não jogarei em Miami, agora voltarei para casa para descansar um pouco e fazer uma transição suave para o saibro. Tentarei estar 100% para meu primeiro evento do ano neste piso que será em Monte Carlo”, afirmou o atual número 2 do mundo.

Questionado sobre o tipo de lesão, ele não quis falar se era uma parecida com aquela sofrida no US Open do ano passado. “É muito complicado se machucar constantemente e assim perder o ritmo de jogo. Não tenho dúvidas que estarei pronto para Monte Carlo, mas preciso verificar com minha equipe qual a melhor maneira de proceder”, falou o espanhol, que apesar de mais uma vez não conseguir terminar um torneio em quadras duras, garante que seguirá jogando neste piso.

“Sou um tenista profissional e por isso tenho que jogar em todas as superfícies. Claro que preciso ajustar meu calendário de uma melhor forma, o que não significa que nunca mais vá jogar em quadras duras”, finalizou Nadal.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis