Notícias | Dia a dia
Andreescu destaca técnico e diz se inspirar em Osaka
18/03/2019 às 09h33

Andreescu levantou em IW seu primeiro troféu na WTA

Foto: WTA

Indian Wells (EUA) - Quando foi sorteada a chave do Premier de Indian Wells, talvez ninguém esperasse a jovem canadense Bianca Andreescu, convidada da organização, pudesse sair campeã. Mas foi exatamente o que aconteceu, com a tenista de 18 anos sendo coroada no domingo após uma emocionante vitória sobre a alemã Angelique Kerber.

“É incrível ter meu nome ao lado de tantas incríveis campeãs. É um sonho que se torna realidade. Eu acompanhava todas essas jogadoras pela TV e é surreal jogar contra elas agora, ainda mais na frente de tanta gente e em torneios tão famosos”, comemorou a canadense, que revelou se inspirar na japonesa Naomi Osaka, campeã do ano passado no torneio californiano.

“Foi uma jornada maluca, realmente uma história de Cinderela. Naomi fez isso no ano passado e agora foi a minha vez e isso significa muito para mim. Ela é uma inspiração, vê-la levantar esse troféu e depois vencer dois Grand Slam realmente é demais”, declarou Andreescu.

A jovem tenista lembrou das dificuldades pelas quais estava passando justamente neste período em 2018 e celebrou ter conseguido superá-las. “Um ano atrás eu estava sofrendo com meu tênis e meu corpo, jogava torneios de US$ 25 mil no Japão e agora estou aqui, sou a campeã de Indian Wells”.

Também ganhou destaque o treinador, que entrou em quadra na parte final da partida e foi crucial para a vitória. “Meu técnico me ajudou muito mesmo naquele momento. Estava muito duro para mim e sem dúvida a forma como ele me disse as coisas foi chave, fico muito feliz de tê-lo chamando naquele momento”, destacou a canadense, que por hora quer curtir um pouco o momento.

“Ainda não quero pensar nisso, quero aproveitar esse momento porque nunca se sabe o que acontecerá na próxima semana”, falou Andreescu, que curiosamente enfrentará na primeira rodada em Miami a mesma rival com quem jogou na estreia em Indian Wells, a romena Irina-Camelia Begu.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis