Notícias | Dia a dia
Madri é próxima expectativa para o 39ª 'Fedal'
20/03/2019 às 11h19

O magnífico complexo da Caixa Mágica recebe o Masters de Madri

Foto: Arquivo

Madri (Espanha) - A confirmação das presenças de Rafael Nadal e de Roger Federer deixa a expectativa de que o 39º capítulo do duelo entre os dois, que não pôde ser realizado no sábado durante a semifinal de Indian Wells, aconteça sobre o saibro da Caixa Mágica, um lugar onde os dois supercampeões já obtiveram sucesso.

Nadal ganhou o apelido de Rei do Saibro devido a sua grande eficácia neste tipo de quadra. No entanto, em 2019 lesões e dois rivais muito competitivos trazem um cenário muito complicado para que ele possa obter sua sexta vitória na capital da Espanha.

O espanhol tem o recorde de maior número de vitórias no Masters de Madri, com cinco troféus em sua vitrine pessoal. Quatro deles vieram quando o torneio trocou o piso para o saibro: 2010, 2013, 2014 e 2017.

Nadal no entanto tem tido uma carreira com várias lesões, que afetam seu desempenho profissional. O Masters da Califórnia tinha o cenário perfeito para o reencontro entre Nadal e Federer, mas o espanhol inesperadamente passou a sentir o joelho direito nas quartas de final e precisa agora se recuperar das dores que o afetam recentemente.

Apesar de seu recente abandono em Indian Wells e sua lesão no joelho, Nadal tem uma chance de 47,6% a seu favor de ganhar na argila de Madri, de acordo com a plataforma de aposta esportiva Betfair, segundo dados de 16 de março.

Federer anunciou seu retorno ao Masters de Madri após dois anos de ausência, como comemorou o site oficial do evento. Aos 37 anos, o recordista de troféu de Grand Slam é o segundo tenista com mais títulos em Madri, com três vitórias, sendo duas delas no saibro veloz da Caixa Mágica, em 2009 e 2012.

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Rafa Nadal (@rafaelnadal) on



Djokovic procura resgate em Madri
O número 1 do ranking Novak Djokovic será outra grande força no Masters de Madri, com 34,8% de favoritismo no momento. Ele leva grande vantagem que sobre o espanhol na classificação mundial, liderando o ranking mundial com 10.955 pontos contra 8.365 de Nadal.

O sérvio no entanto teve participação fraca na Califórnia e foi superado em sets diretos pelo alemão Philipp Kohlschreiber, então 39º no ranking, mostrando-se irreconhecível dentro de Indian Wells, conforme apresentado pelo site Globoesporte. Acumulando muitos erros durante o jogo contra o alemão, Djokovic perdeu com parciais de 6/4 e 6/4  na terceira rodada do torneio.

Com a ausência de Nadal em Miami nesta semana, é de se esperar que Djokovic e Nadal se reencontrem no saibro de Monte Carlo, onde dos dois estão inscritos, antes de se cruzar em Madri, onde Nole conquistou os títulos de 2011 e 2016.


O Masters de Madri será realizado de 3 a 12 de maio e tem como campeão defensor o atual número 3 do mundo, o alemão Alexander Zverev, que acaba de começar a brilhar no circuito ATP aos 21 anos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis