Notícias | Dia a dia
Aliassime mantém embalo e vence mais uma em Miami
21/03/2019 às 20h48

Com apenas 18 anos, Aliassime está cada vez mais perto do top 50

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - O bom momento de Felix Auger-Aliassime no circuito continua no Masters 1000 de Miami. Depois de passar pelo qualificatório, o canadense de 18 anos e já 57º do ranking estreou com vitória na chave principal. Aliassime venceu nesta quinta-feira o norueguês Casper Ruud por 3/6, 6/1 e 6/2 em 2h04 de partida.

Aliassime, que está com o melhor ranking da carreira, obteve sua quinta vitória em Masters 1000. O canadense não defende nada em Miami e tem apenas sete pontos a descartar de seu 18º e último resultado válido para o ranking. A campanha atual já rende 41 pontos, sendo 16 pelas duas vitórias no quali e 25 pela vitória na estreia da chave principal.

Cada vez mais perto de debutar no top 50, Aliassime pode alcançar essa marca já na próxima rodada, dependendo também de resultados de concorrentes próximos, mas o cenário mais provável para o feito é se ele conseguir vencer mais dois jogos e ir às oitavas. O próximo adversário do canadense é o húngaro de 27 anos e número 36 do ranking Marton Fucsovics, cabeça 29 do torneio. Fucsovics levou a melhor no único duelo anterior, disputado em Viena no ano passado.

A rodada desta quinta-feira ainda definiu o adversário de estreia de outro canadense em Miami. O ex-top 3 e atual 14º colocado Milos Raonic enfrentará o alemão de 23 anos e 101º do ranking Maximilian Marterer, que derrotou o norte-americano Taylor Fritz por 6/4, 3/6 e 6/3. O confronto será inédito no circuito.

Quem também conheceu seu primeiro rival foi Kevin Anderson. Número 7 do mundo e cabeça 6 do torneio, o sul-africano de 32 anos disputa seu primeiro torneio desde o Australian Open em janeiro. Ele estreará contra o espanhol de 21 anos e 61º colocado Jaume Munar, que venceu o indiano Prajnesh Gunneswaran por 7/6 (7-3) e 6/4. Anderson venceu o único duelo anterior contra Munar, disputado na primeira semana da temporada em Pune, na Índia.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis