Notícias | Dia a dia
Paula e Stefani tentam mais um título em Curitiba
22/03/2019 às 19h35

Paula e Luísa tentam oitava vitória seguida

Foto: Divulgação

Curitiba (SP) - Adeptas do jogo de rede, as paulistas Paula Gonçalves e Luísa Stefani embalaram como dupla e estão em sua segunda final consecutiva. Campeãs no Torneio Internacional de São Paulo há uma semana, elas decidirão neste sábado a primeira etapa do Circuito Feminino Future de Tênis.

Paula e Stefani anotaram a sétima vitória consecutiva da parceria ao derrotar as italianas Martina Carregaro e Anastasia Grymalska, por 6/2 e 6/3. As adversárias serão a georgiana Ekaterine Gorgodze e a chilena Daniela Seguel. A final está marcada para as 13h30, com entrada gratuita no Graciosa Country Club.

"A gente vem jogando muito bem, conseguimos achar a sintonia logo de cara e ficamos cada vez mais confiantes no nosso jogo", afirma Paula, que já foi 95ª do mundo na especialidade. "Temos enfrentado jogadoras de estilos bem diferentes, algumas nem conhecíamos, e sempre nos adaptamos", comemora Luísa, atual 166ª do ranking de duplas.

As semifinais de simples também acontecerão neste sábado, a partir das 10 horas, com destaque para a norte-americana Louisa Chirico, que vem do título em São Paulo. Ex-58ª do mundo, marcou sua 10ª vitória seguida no saibro brasileiro, ao tirar a austríaca Julia Grabher, por 6/2 e 6/1. Ela desafiará agora a francesa Jasmine Paolini, que ganhou jogo duro diante da russa Varvara Gracheva, por 6/7 (6-8), 6/4 e 6/3.

A outra vaga será decidida entre a romena Jaqueline Cristian e a húngara Anna Bondar. Com grande atuação, Cristian eliminou Ekaterine Gorgodze, cabeça 2, por 6/4, 1/6 e 6/2, enquanto Bondar lutou por 2h51 para tirar a francesa Chloe Paquet, por 7/6 (7-5), 3/6 e 6/4.

Os jogos do Circuito podem ser vistos em tempo real através do site tvkobertura.com/ao-vivo-1.

O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério da Cidadania/Secretaria Especial do Esporte. A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. A competição tem as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Paranaense de Tênis.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis