Notícias | Dia a dia
Atual campeã, Stephens amarga eliminação precoce
24/03/2019 às 22h48

Algoz de Stephens, Tatjana Maria venceu a quarta contra top 10 na carreira

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Campeã no ano passado do WTA Premier de Miami, Sloane Stephens não conseguiu repetir o desempenho da temporada anterior e foi eliminada ainda na terceira rodada da competição. A número 6 do mundo sofreu uma dura derrota por 6/3 e 6/2 para a alemã Tatjana Maria, 62ª do ranking, em partida com apenas 1h25.

Stephens tem apenas seis vitórias em doze jogos disputados na atual temporada e só conseguiu vencer dois jogos seguidos no mesmo torneio durante a campanha até as oitavas de final do Australian Open. Mesmo defendendo apenas 65 dos mil pontos que tinha a descontar, a norte-americana de 26 anos permancerá no top 10. Lembrando que Stephens tinha chance até se tornar número 1 do mundo em Indian Wells.

Algoz de Stephens em Miami, Tatjana Maria marcou apenas a quarta vitória contra top 10 na carreira. A alemã de 31 anos conquistou seu primeiro título de WTA no ano passado, na grama de Mallorca, e atingiu o 46º lugar do ranking. Ela é também uma das jogadoras do circuito que já são mães. Sua filha Charlotte nasceu em dezembro de 2013. Maria enfrenta nas oitavas a canhota tcheca de 19 anos Marketa Vondrousova, 59ª do ranking, que derrotou a 14ª colocada belga Elise Mertens por 6/4 e 7/6 (7-1).

Dona de um raro backhand de uma mão e de uma boa variedade de recursos, Maria não permitiu que Stephens tivesse ritmo em momento algum da partida. Além de usar muito bem as curtinhas e slices, a alemã mostrou um ótimo jogo na rede e uso até mesmo o chip-en-charge para pressionar Stephens nas devoluções.

Sem conseguir bater na bola em posição confortável, Stephens cometeu 17 erros não-forçados durante o primeiro set e permitiu que Maria vencesse a parcial fazendo apenas dois winners. Mesmo colocando só 39% de primeiros serviços em quadra, a alemã soube dificultar a leitura de seu saque e só enfrentou um break point no set inicial, em que conseguiu duas quebras.

O segundo set teve mais altos e baixos, mas Maria conseguiu três novas quebras e só perdeu um game de serviço. O último game da partida foi o mais dramático, já que a alemã sacava para o jogo e precisou de quatro match points para conquistar uma das maiores vitórias de sua carreira.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis