Notícias | Dia a dia
Djokovic reconhece perda de foco durante a partida
25/03/2019 às 09h09

Djokovic precisou de três sets para superar Delbonis

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - A conhecida consistência do sérvio Novak Djokovic não entrou em quadra no último domingo, em que ele oscilou diante do argentino Federico Delbonis. Mesmo em um dia de altos e baixos, ‘Nole’ fez valer sua maior categoria e conseguiu derrubar o rival sul-americano, venceu em três sets e garantiu vaga nas oitavas de final do Masters 1000 de Miami.

“Para ser honesto, perdi o meu foco. Deveria ter melhorado minha mentalidade, que não foi boa no primeiro set e também no final do segundo. Consegui jogar bem no fim do primeiro, tive uma quebra e saí na frente, mas depois joguei mal nos games de saque seguintes”, reconheceu o número 1 do mundo, que também destacou o desempenho de seu oponente.

“Federico conseguiu crescer, controlou a situação e não tinha nada a perder. Eu recuei e não estava com tanta força nos meus golpes”, analisou o sérvio. “Os primeiros dois ou três games do terceiro set foram cruciais, lutei bastante e tentei mostrar que estava vivo na partida de novo. Acho que os últimos quatro games foram ótimos e por isso fecho o jogo de uma maneira positiva”, completou.

Djokovic acredita estar jogando bem, mas sabe que precisa evoluir se quiser superar seu próximo oponente, o espanhol Roberto Bautista, contra quem já jogou nove vezes e só perdeu duas, uma dessas neste ano em Doha. “Ele é consistente e sólido, melhorou seu backhand e seu saque e o forehand costuma ser muito potente e eficaz”, pontuou o líder do ranking.

“Estou batendo bem na bola, apenas preciso de mais consistência para me segurar na partida inteira em um bom nível. Ele é um daqueles caras que errar pouco e vai te fazer lutar bastante por todos os pontos”, finalizou o sérvio de 31 anos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis