Notícias | Dia a dia
Shapovalov diz que melhor momento foi bate-bola
30/03/2019 às 10h31

Shapovalov enfim realizou o sonho de enfrentar seu ídolo de infância e reconheceu ter levado uma aula de tênis

Foto: ATP

Miami (EUA) - Denis Shapovalov realizou o sonho de enfrentar o ídolo de infância, mas não conseguiu atingir o padrão de tênis que desejava e reconheceu ter levado uma aula de Roger Federer na semifinal de Miami. "Meu melhor momento foi no bate-bola de aquecimento", brincou o canadense de 19 anos. "Foi surreal estar na mesma quadra que ele, tentei não pensar que do outro lado estava o Roger".

Ele dá todos os créditos à grande atuação do adversário, 18 anos mais velho. "Sempre é duro perder, mas você se diverte um pouco mais se do outro lado da quadra está seu ídolo. Dei tudo o que podia, mas ele jogou uma grande partida, e isso é tudo o que posso dizer. Comecei o jogo um tanto apagado e ele já entrou forte. Tentei mudar as coisas no outro set, tive algumas chances e não consegui aproveitar".

Sem jamais ter conseguido ficar à frente do placar na partida, ele diz ter aprendido com o momento. "Cada lance contra Roger foi como uma lição. Quando ele precisa de um golpe, vai lá e faz. Não creio que tenha algum ponto fraco, por isso que é o melhor de todos os tempos. Jogou de forma excelente e não fui capaz de sustentar seu nível de tênis".

Questionado qual era seu plano de jogo, ele brincou outra vez: "Queria acertar quatro grandes saques por game e esperar algumas duplas faltas dele. Claro que fui para a quadra com um plano de jogo, queria me impor, ser eu mesmo. Mas não consegui atingir 100% do meu nível. Ele no entanto não me deixou à vontade em qualquer momento, demonstrando toda experiência que tem".

O próximo desafio agora é adaptar seu estilo de jogo ao saibro. "É uma parte importante da temporada, mas preciso treinar muito. Posso jogar bem no saibro, mas é um terreno muito diferente e que exigirá mudanças no meu jogo. Fui bem o ano passado", lembra ele, que atingiu as semifinais de Madri.

Shapovalov aparecerá pela primeira vez como 20º do mundo no ranking desta segunda-feira.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis