Notícias | Dia a dia
Wozniacki traz Schiavone para evoluir no saibro
01/04/2019 às 17h07

Wozniacki pretende manter a parceria em toda a temporada de saibro

Foto: Arquivo

Charleston (EUA) - Disposta a recuperar terreno na disputa por títulos e pelas primeiras posições do ranking, Caroline Wozniacki ganhou um importante reforço para sua equipe. A dinamarquesa será treinada pela italiana Francesca Schiavone durante o Premier de Charleston e pretende manter a parceria durante a temporada de saibro.

"Ela conhece o saibro muito bem, estou feliz por tê-la aqui na equipe", disse Wozniacki em entrevista coletiva antes do torneio. A dinamarquesa já havia batido bola com Schiavone em Miami e convidou a italiana para acompanhá-la em Charleston e dar-lhe algumas dicas sobre postura tática no saibro.

Schiavone está com 38 anos e parou de jogar profissionalmente em julho do ano passado. Campeã de Roland Garros em 2010 e finalista em 2011, a veterana italiana chegou a ser número 4 do mundo e conquistou oito títulos de WTA na carreira. O troféu mais recente veio em abril de 2017 no saibro de Bogotá.

Ex-número 1 do mundo, Wozniacki aparece atualmente no 13º lugar do ranking aos 28 anos. Diagnosticada com artrite reumatoide em agosto do ano passado, a dinamarquesa tem reduzido seu calendário de competições. Na atual temporada, ela disputou apenas quatro torneios e acumula cinco vitórias.

Wozniacki estreará diretamente na segunda rodada em Charleston. Campeã do torneio em 2011, a dinamarquesa é a quinta cabeça de chave da competição. Sua primeira adversária virá da partida entre a alemã Laura Siegemund e a convidada norte-americana Emma Navarro.

Esta não é a primeira vez que Wozniacki contrata uma treinadora específica para o saibro. Em 2015, a dinamarquesa fez uma experiência com a espanhola Arantxa Sánchez, ex-número 1 do mundo. Apesar de uma ótima campanha em Stuttgart, onde foi finalista, a parceria foi desfeita logo após o torneio seguinte, em Madri.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis