Notícias | Dia a dia
Murray divulga primeiras imagens treinando
01/04/2019 às 19h58

Britânico fez atividades na academia de Craig Allen, em Oxshott

Foto: Divulgação

Oxshott (Inglaterra) - Em recuperação da segunda cirurgia no quadril, realizada no dia 28 de janeiro, Andy Murray já começa a treinar e tentar retomar a rotina no circuito. O britânico de 31 anos já avisou que pretende encerrar sua carreira profissional em Wimbledon.

Na sexta-feira, Murray havia batido bola contra a parede em uma quadra de saibro na academia de Craig Allen, em Oxshott. Após a sessão de treinos, a academia divulgou fotos do britânico ao lado da equipe técnica.

Já nesta segunda-feira, Murray divulgou em seu próprio perfil no Instagram um vídeo em que aparece também utilizando a parede durante o treino. Desta vez, foi escolhida uma quadra de piso duro para realizar a atividade.

Murray ficou onze meses sem jogar entre julho de 2017 e junho do ano passado, por conta da lesão no quadril. Depois de tentar evitar a cirurgia e fazer tratamentos mais conservadores, o britânico operou o quadril pela primeira vez em janeiro do ano passado. No segundo semestre de 2018, o ex-número 1 do mundo disputou doze partidas, com sete vitórias e cinco derrotas.

Já em 2019, Murray disputou o ATP 250 de Brisbane e teve uma vitória e uma derrota. Mas antes de iniciar sua participação no Australian Open, o britânico surpreendeu ao anunciar que iria se aposentar do tênis no meio do ano, em Wimbledon. Murray perdeu um duelo de cinco sets para Roberto Bautista Agut na primeira rodada em Melbourne e, semanas depois, passou por nova cirurgia. Atualmente com 31 anos, o britânico ocupa o 217º lugar do ranking.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis