Notícias | Dia a dia
Bia luta por 2h30, mas cai para ex-top 10 no México
02/04/2019 às 17h15

Bia chegou a sacar para o jogo e até fez mais pontos que a francesa

Foto: Arquivo

Monterrey (México) - Depois de passar por um qualificatório com três rodadas, Beatriz Haddad Maia foi eliminada na estreia da chave principal do WTA de Monterrey. A número 1 do Brasil e 176ª do ranking chegou a sacar para o jogo e lutou por 2h32, mas caiu diante da francesa Kristina Mladenovic, ex-top 10 e atual 66ª do ranking, por 4/6, 6/1 e 7/6 (7-5). Bia até fez mais pontos que sua adversária, 107 contra 102 da francesa.

Por ter passado pelo quali em Monterrey, Bia fará 18 pontos no ranking mundial. Caso tivesse vencido nesta terça-feira, a paulistana de 22 anos e ex-número 58 do mundo poderia ter feito mais 30 pontos. Seu próximo compromisso será no saibro de Bogotá. Já Mladenovic encara a lucky-loser húngara Greta Arn, veterana de 39 anos e 403ª do ranking, que derrotou a 102ª colocada espanhola Lara Arruabarrena por 7/5, 3/6 e 7/5.

Bia começou melhor na partida e logo conseguiu uma quebra para liderar por 3/1, mas não sacou bem no game seguinte e cometeu uma dupla-falta quando enfrentou o break point. As duas jogadoras buscavam impor um tênis agressivo, sendo que Mladenovic vinha sendo superior do fundo de quadra. A francesa conseguiu uma nova quebra para passar à frente no placar e definir o set.

Apesar de Bia ter aberto uma vantagem confortável no segundo set, muitos games foram longos e decididos por detalhes. Tanto que a brasileira precisou salvar dois break points e a terminou o set com 32 pontos contra 20 de sua adversária. Foi fundamental para Bia ter um bom desempenho nas devoluções, já que ela só permitiu que Mladenovic vencesse 11 dos 24 pontos jogados com seu próprio saque, para criar oito break points e conseguir duas quebras.

Ainda pressionando o saque de sua adversária no último set, Bia só conseguiu a quebra na quinta chance que teve para liderar por 3/2. Na sequência, a canhota paulista enfrentou um difícil game de serviço e teve que salvar um break point para se manter à frente no placar. As ameaças contra o saque da número 1 do Brasil foram se tornando cada vez mais frequentes na reta final da partida. Bia também evitou a quebra no oitavo game, mas acumulou erros no momento em que sacava para o jogo e cedeu o empate por 5/5. O equilíbrio permaneceu até a definição no tiebreak.

O game-desempate começou melhor para Mladenovic, que contou com um erro de Bia e logo depois encaixou dois ótimos saques para abrir vantagem e liderar por 4-1. A francesa chegou a ter 5-2, mas a número 1 do Brasil sustentou bem as trocas de fundo de quadra para buscar o empate por 5-5. Os ralis longos continuaram e a ex-top 10 francesa teve mais consistência no momento de definir a partida.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis