Notícias | Dia a dia
Serena: 'Não sei por que fiz aquilo no US Open'
04/04/2019 às 10h14

Nova York (EUA) - Mais uma vez a norte-americana Serena Williams relembrou o caso da final do US Open do ano passado, quando se desentendeu com o árbitro de cadeira, o português Carlos Ramos, chegou a acusá-lo de sexista e acabou amargando a derrota para a japonesa Naomi Osaka.

“Os Grand Slams são a coisa mais importante para mim. No ano passado estive muito perto de vencer um na minha volta ao circuito após a gravidez e não sei por que fiz aquilo na final”, comentou a ex-número 1 do mundo em entrevista ao Today Show, programa da NBC.

Serena disse ter ficado muito brava na hora com a derrota, mas depois lembrou por tudo o que passou e saiu positiva por ter conseguido voltar com tudo ao tênis profissional, fazendo uma final de Slam após ter se tornado mamãe pela primeira vez.

“Eu tive a audácia de ficar chateada por não ter vencido, mas parei e pensei: por que estou com raiva? Isso é incrível”, observou a caçula das irmãs Williams.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis