Notícias | Dia a dia
Cosat exige mudança no sistema de pontuação da ATP
04/04/2019 às 14h53

Confederação exige que torneios de US$ 25 mil voltem a dar pontos na ATP

Foto: Divulgação

Assunção (Paraguai) - A Confederação Sul-Americana de Tênis (Cosat) divulgou na última quarta-feira uma nota oficial contestando a recente reestruturação do circuito profissional e exigindo mudanças no sistema de pontuação da ATP. O objetivo é que os torneios profissionais de US$ 25 mil voltem a oferecer pontos para o ranking masculino.

"Nós recomendamos fortemente que a ATP considere imediatamente reinstalar os pontos no ranking oriundos de torneios de US$ 25 mil", diz o comunicado. "O caminho atual desde a ITF World Tennis Tour até o ranking da ATP não está funcionando em benefício dos jogadores apoiados pelas federações nacionais e regionais".

"A América do Sul tem longa tradição no tênis, com dois jogadores número 1 do mundo, um título de Copa Davis, dezenas de atletas no top 10, duas medalhas olímpicas de ouro, entre outos feitos. Entretanto, nosso continente tem longas distâncias entre os países, o que demanda um alto custo com as viagens. Nós acreditamos que os jogadores devem ser justamente premiados por seus esforços".

"A COSAT exige que a ATP chegue a um acordo com a ITF que garanta às federações nacionais a possibilidade de desenvolver o esporte e providenciar um caminho adequado para os jogadores em fase de transição para o circuito profissional", afirmou a Confederação Sul-Americana.

Lembrando que a partir deste ano, passam a valer para o ranking da ATP apenas os resultados em torneios válidos por torneios da elite do circuito masculino, além de challengers e finais de ITF de US$ 25 mil. Já na WTA, valem os pontos do primeiro escalão e dos ITF a partir de US$ 25 mil. Os torneios de US$ 15 mil, bem como as fases iniciais de torneios masculinos de US$ 25 mil, já não valem mais pontos e os resultados obtidos no ano passado foram convertidos em pontos de um novo ranking de profissionais da ITF, que visa facilitar a entrada em torneios maiores.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis