Notícias | Dia a dia
Ferrer não esperava tanto carinho na despedida
05/04/2019 às 16h17

Madri (Espanha) - Fazendo seus últimos torneios como profissional, o espanhol David Ferrer irá encerrar a carreira no Masters 1000 de Madri, onde colocará um ponto final em sua vitoriosa carreira na ATP. Neste ano ele disputou quatro torneios e saiu surpreendido pela recepção calorosa que teve em todos eles.

“Não esperava receber tanto carinho dos torneios, dos meus companheiros e dos fãs de tênis. Tem sido algo incrível e emocionante. É um trabalho a mais que tenho superar as imagens minhas que colocam antes das partidas e não desconcentrar com esses momentos emotivos”, comentou o tenista de 36 anos em entrevista à Radio Marca.

Atual 152 do mundo, o espanhol recebeu convites para a disputa dos ATPs 250 de Auckland e Buenos Aires, do ATP 500 de Acapulco e do Masters 1000 de Miami, acumulando cinco vitórias na temporada, a mais importante delas na Flórida, onde superou o alemão Alexander Zverev, que semanas atrás o havia derrotado no México.

“Vencer Zverev foi uma coisa muito importante, poder bater alguém tão bom quanto ele no meu último ano como profissional foi muito legal”, observou Ferrer ao lembrar do triunfo sobre o número 3 do mundo. “No geral, as sensações têm sido muito boas, meu objetivo era justamente mostrar um bom nível nos últimos torneios”, complementou o veterano espanhol.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis