Notícias | Dia a dia
Kerber e Azarenka garantem duelo na semi no México
06/04/2019 às 00h49

Kerber enfrentará Azarenka pela nona vez e busca sua segunda vitória

Foto: Divulgação

Monterrey (México) - Ex-líderes do ranking mundial, Angelique Kerber e Victoria Azarenka irão se enfrentar por vaga na decisão do WTA de Monterrey. A alemã e a bielorrussa venceram seus jogos na noite desta sexta-feira e confirmaram o duelo para às 20h (de Brasília) deste sábado pela semifinal do torneio mexicano em quadras duras.

Principal cabeça de chave do torneio e número 5 do mundo, Kerber confirmou o favoritismo diante da belga Kirsten Flipkens, 58ª colocada, ao marcar 6/2 e 6/4 em apenas 66 minutos. Pouco ameaçada na partida, a canhota alemã sequer enfrentou break points e cedeu apenas oito pontos em seus games de serviço, sendo apenas três quando colocou o primeiro saque em quadra.

Vencedora de 12 torneios na WTA, Kerber busca a 30ª final da carreira e a segunda na temporada. Em 2019, a experiente jogadora de 31 anos já decidiu o Premier de Indian Wells, mas ficou com o vice ao ser superada pela canadense de 18 anos Bianca Andreescu. Mesmo que conquiste o título em Monterrey, a ex-líder do ranking permanecerá na quinta posição.

Já no jogo que encerrou a rodada desta sexta-feira, Victoria Azarenka acabou com o domínio da tetracampeã Anastasia Pavlyuchenkova. A jogadora de 29 anos marcou 6/0 e 6/4 diante da adversária russa em 1h07 de disputa. Azarenka terminou a partida com seis quebras e sofreu apenas duas. Cada jogadora fez 16 winners, mas a bielorrussa cometeu apenas nove erros contra 24 de sua adversária.

Amplamente superior no primeiro set, Azarenka perdeu apenas oito pontos e só cometeu um erro não-forçado contra 11 da rival. Curiosamente, Pavlyuchenkova acabou ganhando confiança depois de uma marcação controversa que custou-lhe a perda de mais um game de saque no início da segunda parcial. Lembrando que o torneio mexicano não tem desafio eletrônico. A russa devolveu a quebra de imediato e chegou a vencer três games seguidos. Com ótimas devoluções, Azarenka buscou o empate no sexto game e voltaria quebrar já na reta final da partida.

Com 20 títulos de WTA em 36 finais disputadas, Azarenka tenta alcançar uma final de simples pela primeira vez desde que se tornou mãe. Atualmente no 67º lugar do ranking, a bielorrussa vive uma segunda fase na carreira após a gravidez e o nascimento do filho, Leo, em dezembro de 2016. Se for campeã, ela pode se aproximar da volta ao top 50. No mês passado, a ex-número 1 do mundo ganhou um título de duplas em Acapulco ao lado de Saisai Zheng.

O histórico entre Azarenka e Kerber é bastante favorável à bielorrussa, que tem sete vitórias e apenas uma derrota contra a alemã. A única vez que Kerber levou a melhor foi na campanha para o título do Australian Open de 2016. A outra semifinal começa às 17h e terá outra ex-líder do ranking, a espanhola Garbiñe Muguruza, que enfrentará a eslovaca Magdalena Rybarikova.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis