Notícias | Dia a dia
Ex-técnico de Djokovic aposta em recorde de Slam
06/04/2019 às 11h33

Djokovic venceu os últimos três Grand Slam

Foto: Arquivo

Belgrado (Sérvia) - Atual campeão de Wimbledon, do US Open e do Australian Open, o sérvio Novak Djokovic já soma 15 títulos de Grand Slam na carreira e vai cada vez mais se aproximando dos dois maiores vencedores neste nível, o espanhol Rafael Nadal com suas 17 conquistas e o suíço Roger Federer, recordista com 20 troféus.

Ex-técnico do atual número 1 do mundo, Niki Pilic mostra confiança na capacidade de ‘Nole’ superar os dois e se tornar o recordista de Slam no futuro. “Acredito que Novak possa bater o recorde. Eu o conheço há muito tempo e se ele permanecer saudável e evitar lesões não dá para prever tudo o que pode vencer nos próximos dois anos”, disse o treinador.

Apesar da grande sequência de vitórias nos quatro principais torneios do circuito, o sérvio não conseguiu fazer valer o momento nos dois primeiros Masters 1000 da temporada, amargando eliminações precoces em Indian Wells e Miami.

“Não há motivos para entrar em pânico, Novak não está entrando em uma crise. Ele apenas não jogava fazia muito tempo, desde o Australian Open, e isso influenciou no seu desempenho em Indian Wells e Miami”, analisou Pilic, que acredita na volta por cima do sérvio quando chegar o saibro europeu.

Para o antigo treinador do líder do ranking, Djokovic mostrará de novo toda sua capacidade nas próximas competições. “Tudo voltará ao seu lugar quando o circuito for de volta para a Europa e ele demostrará sua qualidade de novo. Quando ele joga em alta intensidade, ninguém consegue chegar perto”, encerrou Pilic.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis