Notícias | Dia a dia
Nadal defende mais da metade dos pontos no saibro
09/04/2019 às 09h53

Nadal faturou 4.680 pontos no saibro em 2018

Foto: Arquivo

Como de costume o espanhol Rafael Nadal terá um monte de pontos a defender durante a temporada de saibro, que desta vez correspondem a mais da metade de tudo o que somou nas últimas 52 semanas. Atual número 2 do mundo, ele tem 8.725 pontos, dos quais 4.680 foram conquistados nos torneios de terra batida na Europa.

O canhoto de Mallorca disputou cinco eventos sobre o saibro na temporada passada e venceu quatro deles: o ATP 500 de Barcelona, os Masters 1000 de Monte Carlo e Roma e Roland Garros. Somente no Masters 1000 de Madri é que ele não se sagrou campeão, parando nas quartas de final.

A pontuação conquistada por Nadal no saibro europeu seria suficiente para deixá-lo no top 5. Com o que obteve somente neste período do ano, ele ficaria atrás apenas do sérvio Novak Djokovic, do alemão Alexander Zverev, do suíço Roger Federer e do austríaco Dominic Thiem. Ele ainda teria vantagem de 480 pontos para cima do japonês Kei Nishikori.

Depois do espanhol, quem mais defende pontos neste período são Zverev (2.570) e Thiem (2.330). Apenas mais um dos top 20 tem mais do que mil pontos a salvar no saibro, e não é Djokovic, Federer ou outro top 10 e sim o atual 16 do mundo, o italiano Marco Cecchinato, que fez semi em Roland Garros e venceu o ATP 250 de Budapeste.

Líder do ranking com pouco mais de 2.300 pontos de vantagem para seu perseguidor mais próximo, Djokovic faturou somente 855 pontos na terra batida em 2018 e tem tudo para ampliar sua larga vantagem. Outro que tende a se dar bem é Federer, que volta a competir nesta época do ano após ficar ausente em 2018 e 2017 e por isso somará tudo o que conquistar.

Veja o que tem a defender cada um dos top 20:

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis