Notícias | Dia a dia
Britânica salva match point e vira o jogo após 6/0 e 5/0
09/04/2019 às 18h16

A britânica Tara Moore buscou uma virada incrível em torneio da ITF

Foto: Arquivo

Sunderland (Inglaterra) - Uma virada impressionante marcou a rodada desta terça-feira pelo ITF de US$ 25 mil disputado nas quadras duras e cobertas de de Sunderland, na Inglaterra. A convidada local Tara Moore perdia seu jogo de estreia no torneio para a cabeça 3 francesa Jessika Ponchet por 6/0 e 5/0, além de enfrentar um match point em seu saque. A britânica conseguiu confirmar o serviço para evitar a 'bicicleta' e deu início à ua reação para virar o jogo e vencer com parciais de 0/6, 7/6 (9-7) e 6/3 após 2h16 de partida.

Durante o game que poderia decretar sua derrota por duplo 6/0, Moore ficou a um ponto da derrota quando encarou um 30-40, mas conseguiu passar à frente. A britânica ainda chegou a fazer uma dupla-falta quando teve sua primeira chance de fechar o game, mas venceu os dois pontos seguintes para sair do zero no placar.

Ainda assim, Ponchet chegou a sacar duas vezes para o jogo. A francesa, que é 201ª do ranking, também ficou a dois pontos da vitória quando liderava a parcial por 6/5, e também durante o tiebreak do segundo set. Moore recuperou a confiança no terceiro set e conseguiu duas quebras sobre o saque de sua adversária.

Atual 479ª colocada na WTA, Tara Moore está com 26 anos. O melhor ranking de sua carreira foi o 145º lugar, alcançado em maio de 2017. Ela jamais venceu um torneio de simples na elite do circuito, mas já disputou uma final de duplas no Rio de Janeiro ao lado da suíça Conny Perrin. A próxima adversária da britânica em Sunderland será a vencedora da partida entre a alemã Yana Morderger e a romena Elena-Teodora Cadar.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis