Notícias | Dia a dia
Del Potro evolui, mas segue sem data para o retorno
10/04/2019 às 12h11

Buenos Aires (Argentina) - O argentino Juan Martin del Potro ficou de fora do circuito por quatro meses, depois de fraturar a patela do joelho direito em outubro do ano passado, tentou um retorno em fevereiro em Delray Beach, mas não conseguiu competir mais desde então e recentemente começou um novo tratamento para sua reabilitação, impedindo assim ter que passar por mais uma operação.

"Os médicos dizem que eu preciso de tempo se quero ficar 100%, mas não quero estar em casa assistindo aos torneios na TV. Já fiz isso antes e foi muito ruim para mim", disse Del Potro, que disputou apenas três partidas neste ano, venceu duas e perdeu a outra. "É difícil vencer partidas quando você não pode se mover da melhor maneira possível", complementou o atual número 9 do mundo.

A equipe de Del Potro forneceu uma atualização médica, mas não pode garantir em qual torneio ele retornará ao circuito. Recentemente, o argentino se encontrou em Barcelona com o médico Ángel Cotorro, que já tratou de Rafael Nadal, e foi orientado a manter seu modelo atual de tratamento.

"Juan Martin del Potro visitou a Clínica Mapfre na semana passada por causa da fratura no joelho direito que sofreu há quase seis meses. Desde o início, ele foi aconselhado a fazer uma abordagem conservadora com seu tratamento. Depois de participar de Delray Beach, ele começou tratamento regenerativo com Dr. Alejandro Rolón em Buenos Aires”, informou o médico.

Cotorro também explicou que após vários exames realizados em Barcelona e de acordo com o progresso feito por Delpo nas últimas semanas, foi decidido implementar um novo tratamento regenerativo. “Ele seguirá um programa específico de reabilitação conduzido por seu fisioterapeuta, Diego Rodriguez, que permitirá ao jogador progressivamente incorporar mais treinamentos e assim poder competir novamente no futuro próximo”, finalizou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis