Notícias | Dia a dia
Cibulkova reforça a Eslováquia contra o Brasil na Fed
10/04/2019 às 13h55

Ex-top 5, Cibulkova não disputava a Fed Cup desde 2016

Foto: Arquivo

Bratislava (Eslováquia) - Adversária do Brasil em confronto válido pelos playoffs do Grupo Mundial II da Fed Cup, a equipe da Eslováquia já tem seus nomes definidos para os jogos que acontecem entre os dias 20 e 21 de abril. A novidade fica por conta da volta de Dominika Cibulkova.

Ex-número 4 do mundo e atual 33ª do ranking, Cibulkova não disputava um confronto da Fed Cup desde abril de 2016. A eslovaca de 29 anos acumula 20 vitórias e 11 derrotas em partidas de simples pela competição. No saibro, piso que será utilizado no confronto, ela tem 11 vitórias e três derrotas.

O time eslovaco tem mais três jogadoras no top 100. A jovem de 20 anos Viktoria Kuzmova é número 46 do mundo, a jogadora de 24 anos Anna Karolina Schmiedlova ocupa o 66º lugar, já a experiente Magdalena Rybarikova aparece na 68ª posição aos 30 anos. Outra convocada pelo capitão Matej Liptak é a atleta de 22 anos e 190ª colocada Rebecca Sramkova.

A equipe brasileira comandada por Roberta Burzagli já havia sido previamente anunciada. O time nacional é o mesmo que venceu o Zonal Americano I da Fed Cup em fevereiro, na Colômbia, com as presenças de Beatriz Haddad Maia (165ª), Carolina Meligeni Alves (355ª), Gabriela Cé (442ª), a duplista Luisa Stefani (128ª colocada no ranking da modalidade) e a jovem de 19 anos e 671ª colocada Thaisa Pedretti.

Brasil e Eslováquia se enfrentam em quadra coberta e com piso de saibro instalada na AXA Arena NTC, em Bratislava. Quem vencer, irá disputar o Grupo Mundial II da Fed Cup em 2020, com possibilidade de atingir a divisão de elite na temporada seguinte. Já a nação que perder o confronto voltará a disputar o Zonal continental no ano que vem.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis