Notícias | Dia a dia
Bia vence a atual campeã e faz quartas em Bogotá
10/04/2019 às 18h32

Vitória também traz confiança para Bia às vésperas de duelo da Fed Cup

Foto: Divulgação

Bogotá (Colômbia) - Em jogo com dois tiebreaks e duas interrupções por chuva, Beatriz Haddad Maia conseguiu mais uma vitória e garantiu vaga nas quartas de final do WTA de Bogotá. A número 1 do Brasil e 165ª do ranking superou a eslovaca Anna Karolina Schmiedlova, número 66 do mundo e atual campeã do torneio, por 7/6 (7-3) e 7/6 (8-6) em 2h32 de partida.

Vinda do quali em Bogotá, Bia já venceu quatro jogos seguidos no saibro da capital colombiana. Dessa forma, a paulistana de 22 anos já garante 78 pontos no ranking da WTA por sua boa campanha, sendo 18 pelo qualificatório e mais 60 pela campanha na chave principal. Ela pode receber mais 50 pontos se for semifinalista.

Bia está voltando ao grupo das 140 melhores do mundo e irá se aproximar do 120º lugar se vencer mais uma partida. Ex-número 58 do mundo, a canhota paulista pode voltar ao top 100 em caso de título. Sua próxima adversária virá do jogo entre a romena Ana Bogdan, 124ª do ranking, e a 79ª colocada espanhola Sara Sorribes.

A partida entre Bia e Schmiedlova também serviu como uma prévia para o confronto entre Brasil e Eslováquia pelos playoffs para o Grupo Mundial II da Fed Cup. Os dois países se enfrentam nos dias 20 e 21 de abril, no saibro de Bratislava.

Em um longo primeiro set, que durou 1h16, as duas jogadoras tiveram dificuldades de adaptação com as condições em quadra. A chuva dos últimos dias deixou a superfície bastante pesada, mas a altitude da capital colombiana ainda fazia a bola correr demais. Dessa forma, o set inicial teve quatro winners de Bia contra três de Schmiedlova e a brasileira liderava o número de erros não-forçados por 24 a 23.

Bia quebrou logo no game de abertura e teve chance de ampliar a vantagem quando vencia por 3/1, mas não aproveitou. O jogo foi interrompido no game seguinte, quando a paulistana enfrentava break points. Na volta, Schmiedlova devolveu a quebra, mas não sacou bem na sequência e permitiu que Bia voltasse à frente. Sacando para o set, a número 1 do Brasil foi quebrada com uma dupla-falta e permitiu o empate, mas conseguiu definir o set sendo superior no tiebreak.

O início de segundo set foi postivo para Bia, que conseguiu rapidamente uma quebra para abrir 2/0. A paulistana salvou um break point com winner de forehand na paralela pouco antes de voltar a chover. Após outra longa interrupção, Bia confirmou o serviço e fez 3/0. A número 1 do Brasil administrava a vantagem até liderar por 5/2, mas perdeu a chance de sacar para o jogo e cedeu a quebra. O equilíbrio permaneceu até a disputa de um novo tiebreak. Desta vez, Schmiedlova começou na frente. A eslovaca chegou a ter dois set points quando liderava por 6-4, mas cometeu dois erros seguidos. Bia foi consistente na reta final da partida e confirmou a vitória em sets diretos. Schmiedlova liderou nos winners por 12 a 8, mas cometeu 47 erros não-forçados contra 46 de Bia. O jogo teve seis quebras de serviço, três para cada lado. 

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis