Notícias | Dia a dia
Favorita belga cai e WTA terá 18 campeãs diferentes
10/04/2019 às 16h51

Van Uytvanck era a última jogadora na chave com títulos na temporada

Foto: Arquivo

Lugano (Suíça) - Bastante prejudicada por chuva, a curta rodada desta quarta-feira pelo WTA de Lugano serviu para ratificar uma situação constante neste início de temporada do circuito feminino. A belga Alison Van Uytvanck foi eliminadas nas oitavas, após a derrota por 6/4 e 7/5 para a francesa Fiona Ferro. Com isso, o torneio no saibro suíço será o 18º no ano com uma campeã diferente.

Até o início desta semana, todos os 16 torneios já encerrados pela temporada de 2019 da WTA tiveram campeãs distintas. O número certamente aumentaria para 17 já que nenhuma jogadora na chave em Bogotá já ganhou algum torneio este ano.

Já em Lugano, Belinda Bencic e Van Uytvanck eram as cabeças de chave 1 e 4 e tentavam mudar a escrita. Campeã em Dubai e número 20 do mundo, a suíça não passou da rodada de estreia na última terça-feira. Já a belga, 52ª do ranking e vencedora em Budapeste, se despediu em sua segunda partida no torneio.

Quem também está nas quartas é a eslovena Polona Hercog, 89ª do ranking, que venceu a romena Sorana Cirstea por 3/6, 7/6 (7-0) e 6/4. Hercog agora espera pela vencedora entre a russa Veronika Kudermetova e a cabeça 7 sueca Rebecca Peterson. Kudermetova venceu nesta quarta-feira a convidada local Jil Teichmann por 6/2, 4/6 e 7/6 (7-2).

Dois jogos das oitavas foram adiados para quinta-feira, entre eles o interessante duelo entre a suíça Timea Bacsinzky e a russa Svetlana Kuznetsova, que se enfrentam por volta das 9h (de Brasília). Mais cedo, acontece a partida entre as anfitriãs Stefanie Voegele e Viktorija Golubic. O jogo foi suspenso quando Golubic vencia o set inicial por 3/0.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis