Notícias | Dia a dia
Argentino ex-top 20: 'Federer pode jogar até os 50'
11/04/2019 às 15h06

Buenos Aires (Argentina) - Aposentado desde 2011, o argentino Jose Acasuso foi um dos contemporâneos do suíço Roger Federer, contra quem jogou cinco vezes e perdeu todas. Em entrevista ao programa 'Cambio de Lado' da Rádio Club Octubre 947, ele se mostrou impressionado com o tênis do atual número 4 do mundo e disse que ele poderá seguir jogando por muitos anos mais.

“Ele não deixa de nos surpreender. Quando um pensa que vai diminuir o ritmo por causa do tempo, ele se reinventa e joga de outra maneira, cada vez mais agressivo. O tênis que jogou nas últimas semanas foi espetacular”, comentou Acasuso, que atualmente é o treinador do compatriota Guido Pella, campeão do Brasil Open deste ano.

“Vi Federer jogando em Miami e parecia que quem tinha 19 anos era ele e (Denis) Shapovalov 37. Seus recursos são tantos que, se não tiver problemas físicos, pode jogar até os 50 anos. Ele tem talento e tantas variações que pode vencer qualquer um. É difícil enfrentar um cara com tantos recursos”, complementou o ex-tenista profissional, que foi top 20 e chegou a conquistar três títulos de ATP.

Acasuso se mostrou otimista com o desempenho de Federer e aposta que o suíço fará um bom papel em seu retorno ao saibro, que considera importante para manter o ritmo de jogo. “Acredito que chegará confiante para a temporada de saibro”, finalizou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis