Notícias | Dia a dia
Stephens e Keys lideram time norte-americano da Fed
11/04/2019 às 16h23

Stephens não disputava a Fed Cup desde a semi do ano passado

Foto: Arquivo

San Antonio (EUA) - Mesmo sem poder contar com as irmãs Venus e Serena Williams, os Estados Unidos terão uma forte equipe para a disputa dos playoffs do Grupo Mundial da Fed Cup, nos dias 20 e 21 de abril. O time norte-americano que receberá a Suíça, em quadra dura e coberta na cidade de San Antonio, contará com Sloane Stephens e Madison Keys.

Número 8 do mundo e campeã do US Open em 2017, Stephens tem quatro vitórias e quatro derrotas em partidas de simples pela Fed Cup. A jogadora de 26 anos não atua pela competição desde abril do ano passado, quando fez parte do grupo que venceu a França na semifinal.

Já Madison Keys, 14ª colocada e vinda de título em Charleston, venceu quatro jogos de Fed Cup na carreira e perdeu três. Em 2019, a atleta de 24 anos participou do confronto contra a Austrália, em fevereiro, com uma vitória sobre Kimberly Birrell e uma derrota para Ashleigh Barty.

Comandadas pela capitã Kathy Rinaldy, as norte-americanas ainda contam com Sofia Kenin (36ª), Jessica Pegula (74ª) e Jennifer Brady (78ª). A Suíça, do capitão Heinz Gunthardt, não terá sua principal estrela Belinda Bencic. O time contará com Viktorija Golubic, 81ª do ranking, e ainda tem a ex-top 10 e atual 112ª colocada Timea Bacsinszky, a número 144 do mundo Conny Perrin e a jovem de 20 anos e 183ª do ranking Ylena-In-Albon.

Os Estados Unidos são o país com maior número de títulos na Fed Cup. São 18 conquistas no total, sendo a mais recente em 2017. A equipe norte-americana foi vice-campeã no ano passado, perdendo a final para a República Tcheca, mas estreou em 2019 com derrota para a República Tcheca. Já a Suíça tenta voltar à elite depois de ser rebaixada no ano passado e vencer a Itália pelo Grupo Mundial II em fevereiro.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis