Notícias | Dia a dia
Promessa norte-americana será a rival de Bia na semi
12/04/2019 às 21h11

Anisimova, de 17 anos, busca a segunda final de WTA na carreira

Foto: Arquivo

Bogotá (Colômbia) - O complemento da rodada desta sexta-feira pelo WTA de Bogotá definiu a adversária de Beatriz Haddad Maia na semifinal do torneio. Número 1 do Brasil e 165ª do ranking, Bia enfrentará às 13h (de Brasília) deste sábado a norte-americana de 17 anos número 76 do mundo Amanda Anisimova.

Anisimova avançou na competição ao vencer a convidada Maria Camila Osorio Serrano, colombiana de 17 anos e 438ª colocada, por 6/2, 2/6 e 6/3. Ainda em busca de seu primeiro título de WTA, a jovem norte-americana tenta alcançar sua segunda final na elite do circuito. Em setembro do ano passado, ela ficou com o vice em Hiroshima, no Japão.

Bia também tenta alcançar sua segunda final de WTA. Em setembro de 2017, ela foi vice no piso duro de Seul. Vinda do quali em Bogotá, a paulistana de 22 anos já venceu cinco jogos seguidos no saibro da capital colombiana e passou cerca de onze horas em quadra. Ex-número 58 do mundo, Bia tenta recuperar terreno no ranking. Ela pode voltar ao top 100 se for campeã e praticamente garantir vaga na chave principal de Roland Garros.

Campeã de 2012 segue firme
Do outro lado da chave, a espanhola Lara Arruabarrena avançou na competição ao marcar 6/4 e 6/2 sobre a eslovena Tamara Zidansek. Arruabarrena, de 27 anos, já foi campeã do torneio em 2012 e ficou com o vice em outras duas oportunidades, em 2017 e 2018. Ex-número 52 do mundo, ela aparece atualmente na 102ª posição.

A adversária de Arruabarrena na semifinal será a australiana Astra Sharma, jogadora de 23 anos e 138ª colocada. Sharma garantiu sua melhor campanha na carreira em um WTA depois de fazer 6/1 e 7/5 contra a italiana Sara Errani, ex-top 5 e atual 243ª do ranking aos 31 anos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis