Notícias | Dia a dia
Ruud joga final de ATP no clube onde o pai triunfou
13/04/2019 às 20h57

Ruud tenta repetir feito do pai e conquistar título em Houston

Foto: Divulgação

Houston (EUA) - A ótima no ATP 250 de Houston é duplamente especial para Casper Ruud. O jovem norueguês de 20 anos alcançou nesta semana sua primeira final na elite do circuito e, de quebra, tem a chance de conquistar um título no mesmo clube onde seu pai já triunfou.

Palco do único ATP em quadras de saibro dos Estados Unidos desde 2008, o River Oaks Country Club recebeu -entre 1971 e 2007- competições que não contavam pontos para o ranking, mas atraíam grandes nomes como Ivan Lendl, Rod Laver, Bjorn Borg, Mats Wilander e Guillermo Villas. Até Roger Federer já foi finalista do torneio em 2000. Nesse cenário, o ex-top 40 Christian Ruud foi campeão em 1996 e vice em 2001.

Casper Ruud garantiu vaga na final depois de vencer a semi deste sábado contra o colombiano Daniel Elahi Galan por 7/5 e 6/2. Lembrando que Galan fazia seu segundo jogo do dia. Mais cedo, ele havia completado a vitória por 6/1, 4/6 e 6/4 sobre o australiano Jordan Thompson pelas quartas de final. A partida havia sido suspensa no início do terceiro set por conta da chuva na sexta-feira à noite.

Atual 95º colocado, Ruud está a uma posição do melhor ranking da carreira e certamente irá superar essa marca. Com 150 já garantidos e apenas sete a descartar, o norueguês está entrando no top 70 e pode subir ainda mais no ranking em caso de título. O jovem de 20 anos pode se tornar o primeiro jogador de seu país a conquistar um troféu de ATP. O último norueguês a disputar uma final no circuito foi exatamente seu pai, Christian, no saibro de Bastad em 1995.

O adversário de Ruud na final em Houston é outro nome da nova geração do circuito, o chileno de 22 anos e número 73 do mundo Christian Garin. Finalista do Brasil Open, em São Paulo, Garin venceu neste sábado o norte-americano Sam Querrey por 7/6 (7-2) e 6/2. Com a campanha, o jovem chileno está se aproximando do top 60 e pode chegar ao grupo dos 50 melhores do mundo se for campeão. O último título de ATP conquistado por um jogador chileno data de 2009, quando Fernando González triunfou no saibro de Viña del Mar para conquistar seu 11º e último troféu.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis